Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Rafael Nadal festeja aniversário e dá os parabéns a… português

Mesmo sem ter jogado neste domingo, o campeão de seis Roland Garros, Rafael Nadal, teve direito a bolo e champanhe, mas foi ao jovem português Frederico Silva que deu os parabéns, depois de Kiko ter seguido para a segunda ronda do torneio júnior.

4 de Junho de 2012 às 03:17
Nadal apagou as velas do bolo do seu 26º aniversário
Nadal apagou as velas do bolo do seu 26º aniversário FOTO: Reuters

Tudo se passou quando o nosso jovem representante (17 anos e 14º do ranking mundial de Sub-18) estava a prestar declarações, após a vitória sobre o burundinês Hassan Ndayishimiye (58º), por 6-2 e 6-3, em 1h25. Nadal tinha acabado de descer do restaurante, onde apagou as velas do bolo do seu 26º aniversário – uma tradição para o espanhol em Roland Garros –, quando viu Frederico Silva e o treinador Pedro Felner. Com a amabilidade e simpatia que lhe é característica, cumprimentou-os, perguntou a Kiko se tinha ganho e perante a resposta, “Sim, por 6-2, 6-3”, atirou com um “Fácil! Não!”. Depois, antes de se despedir, ainda disse: “Espero por vocês em Maiorca”.

Rafa e Kiko já treinaram duas vezes na terra natal do actual número dois mundial, para além de o já terem igualmente feito no Open da Austrália, em Janeiro. Desta vez, estiveram para voltar a encontrar-se num court, só que a sessão teve de ser adiada, pois o maiorquino pretendia fazê-la às 12h30, ou seja, quase em cima da hora do encontro inaugural do tenista da Foz do Arelho.

Frederico Silva volta esta segunda-feira a entrar em acção. Primeiro joga a segunda ronda de singulares, diante do italiano Matteo Donati (38º), e, cerca de duas horas mais tarde, compete no quadro pares. Associado ao sérvio Nikola Milojevic, integra a segunda dupla cabeça de série e terá como adversários o usbeque Temur Ismailov e o croata Filip Veger.

A grande sensação da jornada teve a assinatura da eslovaca Dominika Cibulkova (16ª), vencedora de Victoria Azarenka, por 6-2, 7-6 (7/4). A bielorrussa pode ceder a liderança do ranking WTA, no caso de a russa Maria Sharapova atingir a final.

Por sua vez, Novak Djokovic esteve a um set de ser surpreendido pelo italiano Andreas Seppi (25º). O número um mundial perdeu as duas primeiras partidas, por 4-6 e 6-7 (5/7), antes de se impor nas três restantes, por 6-3, 7-5 e 6-3, em 4h18, vencendo o 25º encontro seguido numa etapa do Grand Slam.

ténis roland garros nadal frederico silva
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)