Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Razia no pelotão elimina José Azevedo e mais 83

O austríaco Bernhard Eisel, vencedor da 1.ª etapa, triunfou ontem na quarta tirada da Volta ao Algarve, consolidando a camisola amarela, numa etapa marcada pela eliminação do português José Azevedo e mais 83 ciclistas.
20 de Fevereiro de 2005 às 00:00
Esta ligação de 155 quilómetros entre Castro Marim e Tavira foi demolidora, pois o ‘ataque’ ao cerro de S. Miguel (3.ª cat.) provocou uma verdadeira hecatombe, dividindo o pelotão em dois grupos – o primeiro, reuniu apenas 46 ciclistas, e o segundo, com 84 (entre eles José Azevedo), chegou meia hora depois, sendo, por isso, eliminados. Deste modo, restam no pelotão apenas 46 corredores.
Apenas seis equipas estão em condições de discutir a classificação colectiva e entre elas a única portuguesa é a Carvalhelhos-Boavista.
O director da organização, Rogério Teixeira comentou que “há um lote de bons corredores entre os eliminados, considerando que ficou prejudicada uma imagem que levou anos a construir”.
“Esta etapa, que se dizia ser fácil, foi afinal a mais dura desta corrida” – declarou Bernhard Eisel.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)