Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Real Madrid é campeão com Reyes no trono

O Real Madrid sagrou-se ontem campeão de Espanha, após derrotar, com grande sofrimento, o Maiorca, por 3-1. Foi uma “remontada” como dizem os espanhóis, sensacional, na segunda parte, com dois golos de Reyes em apenas 25 minutos – entrou aos 65´ para o lugar de Beckham – e Diarra. O Real Madrid marcou três golos entre os 78’ e os 83´.
18 de Junho de 2007 às 00:00
Real Madrid sofreu muito, mas acabou por fazer a festa do 30.º título, com dois golos de Reyes
Real Madrid sofreu muito, mas acabou por fazer a festa do 30.º título, com dois golos de Reyes FOTO: Sergio Perez / Reuters
Num jogo em que o Maiorca não facilitou em nada a tarefa dos merengues, Varela gelou, com o golo do Maiorca. Antes, Arango tinha rematado ao poste, logo no 1º minuto, para espanto de um estádio lotado, onde estavam os ilustres Rafael Nadal (tenista) e o casal de actores Tom Cruise e Katie Holmes.
Na primeira parte, tudo correu mal ao Real Madrid, que viu Van Nistelrooy lesionar-se na coxa esquerda. Ao invés, tudo coreu bem ao Barcelona, que ao intervalo ganhava por 3-0 em Tarragona, com golos de Puyol, Messi e Ronaldinho Gaúcho, este de livre, para o seu 21º da época. Na segunda parte, outros tantos golos, por Messi e Zambrotta para o Barça e Grahn, para o Nàstic.
Na segunda parte, o Real deixou de ser o gigante adormecido e acordou para o título, com a entrada triunfal de Reyes, que fez jus ao nome e deixou o Real no trono, com dois golos. O outro foi de Diarra, de cabeça. Já Nunes estava de fora, lesionado no ombro esquerdo e substituído ainda na primeira parte.
Contas feitas, o título custou ao Real Madrid um milhão de euros, a verba que terá de pagar ao Manchester United por Van Nistelrooy ter atingido o objectivo de ser campeão. O Barcelona poupa dois milhões de euros – o prémio que estaria destinado ao Maiorca, se ganhasse em Madrid e ajudasse os catalães a ser campeão.
O Real Madrid põe fim à travessia no deserto de três temporadas sem títulos, o Barcelona perdeu a possibilidade de fazer o tri. Já o Sevilha, que tinha ténues possibilidades de ser campeão, perdeu em casa com o Villarreal (1-0).
REAL SOCIEDAD E CELTA DESCERAM
Real Sociedad e Celta de Vigo, dois históricos do futebol espanhol, desceram de divisão. Os bascos da Real Sociedad voltaram ao escalão secundário, do qual andavam afastados desde 1967. A Real Sociedad empatou a três golos em Valência, mas estava obrigada a ganhar para permanecer e dependia de terceiros.
A fazer companhia à Real Sociedad ficou o Celta de Vigo, que até fez a sua parte e ganhou em casa ao Getafe, por 2-1. Mas, como o Athletic Bilbau e o Bétis também ganharam, acabou por ser o Celta a cair de divisão. A equipa de Vigo sofreu na pele a ironia do destino, por Edu, ex-avançado do Celta, ter marcado os dois golos do Bétis em Santander e que despromoveram a equipa de Vigo. Aos galegos de nada valeu a contratação do búlgaro Stoichkov para treinador, na 2ª volta. Os jogadores do Celta pediram desculpa ao público pela descida. O Gimnàstic já estava despromovido. Dia mau também para Jorge Andrade, expulso, aos 13´, na vitória do Corunha sobre o Espanhol, por 3-1 e logo em Barcelona.
APONTAMENTOS DO CAMPEÃO
PRÉMIO
Pela conquista da Liga Espanhola, cada jogador do Real Madrid vai ganhar 350 mil euros, 70 mil contos. Ronaldo, que foi vendido ao AC Milan em Janeiro, receberá metade dessa verba, ou seja, 175 mil euros – 35 mil contos.
DIGA TRINTA
O Real Madrid somou ontem o 30.º título de campeão espanhol. É o clube com mais campeonatos nacionais conquistados em Espanha. O Barcelona, segundo classificado na Liga, é também o segundo em campeonatos, com 18.
DESPEDIDAS
Roberto Carlos e David Beckham despediram-se ontem do Santiago Bernabéu. Beckham vai jogar nos LA Galaxy (Estados Unidos) e Roberto Carlos no Fenerbahçe (Turquia). Os jogadores ficaram muito emocionados na despedida.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)