Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

“Recebi jogador que treinava amarrado a uma corda”

Domingos Paciência revelou esta segunda-feira que um jogador seu treinava “com uma corda amarrada à cintura e uma estaca”. A inconfidência do técnico leonino ocorreu durante o Fórum de Treinadores, organizado pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol.
30 de Janeiro de 2012 às 18:16
Domingos revelou dificuldades nos treinos
Domingos revelou dificuldades nos treinos FOTO: João Miguel Rodrigues

“Ele aparecia a treinar com uma corda amarrada à cintura e a uma estaca, não podendo correr mais de cinco ou seis metros”, afirmou Domingos. “Este é um tipo de treino que nem na nossa 3ª Divisão se faz, o que implica uma situação que muitas vezes na prática pode encravar o trabalho que pretendemos fazer”, acrescentou o técnico do Sporting, sem revelar o nome do atleta.

Domingos falou ainda das dificuldades sentidas pelo facto de ter recebido muitos jogadores, oriundos de vários países. “Não foi nada fácil. No princípio, como temos chilenos, americanos, holandeses ou uruguaios, tínhamos de fazer powerpoints e eles tinham de estar com livros ao lado para conseguirem assimilar tudo o que pretendemos”, explicou Domingos.

“Fui recebendo jogadores a conta-gotas e nem sempre os jogadores conseguiam fazer aquilo que eu queria. Ou insistia nas minhas ideias e morria ou começava a trabalhar de outra forma”, concluiu.

domingos paciência sporting jogador treino
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)