Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Reforços são excelentes e estamos mais fortes

Um jogador do Benfica falou à Imprensa, coisa tão rara nos dias que correm que só por si já é notícia, para mais quando se trata de Nuno Gomes, figura com peso na equipa.
6 de Agosto de 2006 às 00:00
O avançado admitiu alguma preocupação com os maus resultados da pré-época, mas lembrou que é preciso tempo para os jogadores se adaptarem ao novo modelo de jogo de Fernando Santos e garantiu mesmo que o plantel está agora mais forte.
“Os jogadores também estão preocupados por sofrermos tantos golos, mas eram jogos amigáveis, ainda não perdemos pontos. Temos jogadores de qualidade para jogar em qualquer táctica, mas ninguém consegue mudar de um dia para o outro”, disse, acrescentando: “Os reforços que chegaram são excelentes, portanto a equipa é melhor. Estamos mais fortes, temos melhores condições por causa do centro de estágio e temos tudo para fazer uma excelente época.”
ABORDAGENS INGLESAS
O jogo de terça-feira com o Áustria de Viena é decisivo e Nuno Gomes acredita que o Benfica fará valer o seu estatuto. “Não digo que somos favoritos, mas sim que a eliminatória está em aberto. O Áustria de Viena já está em competição e tem mais ritmo competitivo, mas nós somos o Benfica e temos de fazer valer a nossa camisola e o nosso passado”, afirmou, revelando a intenção de “resolver já a eliminatória” em Viena.
A indefinição quanto à saída de Simão mexe com os jogadores, admite Nuno Gomes. “Tentamos abstrair--nos mas é difícil porque somos amigos dele. Claro que gostaríamos que ficasse, mas é normal que os bons jogadores sejam cobiçados por grandes clubes. O Benfica e o Simão vão decidir qual é a melhor solução”, disse, admitindo que também ele teve propostas para sair: “Tive abordagens de clubes ingleses, mas que morreram à nascença porque me sinto bem aqui. Já quando joguei em Itália não via a hora de voltar para o Benfica.”
'NOVELA SIMÃO': TUDO PODERÁ FICAR DEFINIDO ATÉ AMANHÃ
O fim da ‘novela Simão’ deverá ser conhecido já amanhã. O Valência, tal como o CM noticiou, fez chegar quinta-feira a Jorge Mendes, empresário do jogador, a sua derradeira proposta, que compreende um contrato por seis anos e não pelos cinco inicialmente propostos. As coisas estão agora nas mãos do jogador, uma vez que entre os clubes o acordo deverá ficar fechado por um valor a rondar os 15 milhões de euros.
A Imprensa espanhola também falava ontem numa aproximação de posições, deixando entender que desta vez é que a coisa se faz.
“Alguma coisa vai acontecer mas só na próxima semana, agora vamos descansar uns dias”, afirmou anteontem o director desportivo do Valência, Amedeo Carboni. Refira-se que, por coincidência, Benfica e Valência jogam ambos na Áustria o acesso à ‘Champions’ – os espanhóis defrontam o Salzburgo na quarta e um dia antes o Benfica joga com o Áustria de Viena.
APONTAMENTOS
CAPITÃO
A confirmar-se a saída de Simão, Nuno Gomes passaria a ser o capitão: “Se o Simão ficar será ele o capitão, não há motivo para mudar. Se ele sair e eu for capitão seria um orgulho. A responsabilidade é a mesma de vestir esta camisola.”
DESMENTIDO
Nuno Gomes negou uma reunião entre os capitães e Fernando Santos após a derrota com o AEK. “Isso não é verdade. A notícia até dava a entender que tínhamos pedido ao treinador para mudar a táctica. Não temos autoridade para isso.”
TREINO
Fernando Santos dirigiu ontem um treino de duas horas no Seixal, debaixo de calor intenso. Léo, Simão, Miccoli e João Coimbra estiveram ausentes. O técnico ensaiou diversos esquemas tácticos com vista ao jogo com o Áustria.
Ver comentários