Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Renault acusada de espionagem

A polémica e as acusações continuam na Fórmula 1. A Federação Internacional do Automóvel (FIA) intimou ontem a Renault a responder à acusação de posse de informações confidenciais da adversária McLaren.
9 de Novembro de 2007 às 00:00
Renault está sob suspeita
Renault está sob suspeita FOTO: Marcelo del Pozo/Reuters
A escuderia McLaren passa de acusada – no caso da Ferrari que ditou o seu afastamento da classificação do Mundial de Construtores e que lhe valeu uma multa de 100 milhões de dólares (68,1 milhões de euros) – a vítima. A investigação começou quando se descobriu que um ex-funcionário da McLaren teria levado diversos dados confidenciais para a Renault entre Setembro 2006 e Outubro de 2007. “Não se trata apenas de aerodinânica, mas também sobre os sistemas de abastecimento, controlo hidráulico, arrefecimento e suspensão”, refere a FIA,
Flavio Briatore, responsável pela Renault, diz-se tranquilo: “Não sei ao que [Ron] Dennis se refere. Está a atirar pedras para todos os lados”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)