Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Ricciardi pede lista de consenso

"Existem condições para constituir uma lista de consenso, que agregue sensibilidades, para recuperar o Sporting", disse ontem José Maria Ricciardi, vice-presidente demissionário do conselho fiscal do clube de Alvalade, à margem de uma conferência organizada pela Universidade Católica Portuguesa.

18 de Fevereiro de 2011 às 00:30
José Maria Ricciardi esteve no conselho fiscal de José Bettencourt
José Maria Ricciardi esteve no conselho fiscal de José Bettencourt FOTO: Marta Vitorino

O membro da Comissão Executiva do BES, banco credor do Sporting (100 milhões de euros), explicou que não está disponível para encabeçar uma lista, uma vez que seria "incompatível" com as funções que exerce no banco. Ainda assim, admitiu integrar uma lista.

"Se algum candidato, com quem partilhe ideias, achar que posso ser útil, terei muito gosto em continuar a colaborar, no conselho fiscal, por exemplo", explicou. Revelou também que tem mantido "contactos e conversações", mas considerou ser "cedo" para adiantar quem vai apoiar – tem sido associado a Godinho Lopes –, e defendeu a necessidade de "eleger um líder para repor o Sporting na rota do sucesso desportivo que merece, como um dos grandes clubes de Portugal".

O banqueiro disse ainda que BES e BCP, principais credores do Sporting, são parte interessada no "sucesso" do clube, pelo que "têm de trabalhar nesse sentido".

Por fim, deixou duras críticas à recente gestão leonina. "Dizer que o Sporting não teve dinheiro para fazer o que tinha a fazer é falso. Nunca o Sporting despendeu tantos euros. O dinheiro não tem é sido bem gasto, uma vez que não há resultados desportivos", frisou.

MONIZ APOIA GODINHO

"Nunca virei as costas a ninguém que me tivesse pedido ajuda ou opinião sobre o Sporting." Foi desta forma que Mário Moniz Pereira, vice-presidente e sócio nº 2 dos leões, de 90 anos, abordou o almoço que teve ontem com Godinho Lopes.

O ‘Sr. Atletismo’, como é conhecido, já decidiu, aliás, que vai apoiar Godinho Lopes nas eleições de 26 de Março. "Foi uma pessoa que quis saber a minha opinião sobre vários assuntos do Sporting. Quis ouvir o ponto de vista de alguém que trabalha diariamente no clube há 66 anos. Surpreendentemente, nenhum dos outros candidatos falou comigo", observou.

Sobre o facto de a candidatura de Godinho Lopes privilegiar o eclectismo, Moniz Pereira vincou: "É óbvio que se fosse só para o futebol eu não apoiava".

RICCIARDI BES SPORTING
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)