Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

RIVER PLATE TRAVA SAÍDA DO PRODÍGIO ERIK LAMELA

O River Plate conseguiu travar a saída de Erik Lamela, o novo prodígio do futebol argentino, para o Barcelona, isto depois de José Lamela, pai do jogador de 12 anos, ter assegurado que iria mudar-se para a Catalunha com a mulher Miriam, e os três filhos (Erik, Axel e Brian).
10 de Outubro de 2004 às 00:00
Aos 12 anos, Erik viu-se no centro de uma acesa disputa
Aos 12 anos, Erik viu-se no centro de uma acesa disputa FOTO: Diário Olé
José Maria Aguillar, presidente do River, explicou ontem, em Buenos Aires, como conseguiu convencer os pais de Erik a deixarem-no ficar na Argentina por mais alguns anos. “Competir com o Barcelona em termos económicos era impossível. Mas o regime de compensações que estruturámos e que propusemos, além de todos os inconvenientes que representa mudar um miúdo de 12 anos para um novo ambiente, foram factores determinantes nas conversações. Erik fica no River”, referiu aquele responsável em declarações ao diário argentino ‘Clarín’.
Apesar do desfecho positivo para o River Plate, as negociações com a família Lamela não foram fáceis. Aliás, até à última quinta-feira, José Lamela mantinha-se intransigente na sua decisão de aceitar a proposta milionária do Barcelona (120 mil euros anuais). Mas era sem contar com a dimensão que ganhou todo este imbróglio.
Perante a possibilidade de este processo se transformar num complicado e moroso caso de tribunal, Miriam Lamela, mãe do jovem Erik, foi a primeira a reconsiderar a mudança para a Catalunha. José Maria Aguillar aproveitou para avançar com uma nova proposta, com melhores condições para a família do atleta, entre as quais uma boa compensação financeira bem como o pagamento dos estudos de Erik e dos seus irmãos.
Para já, o jovem de 12 anos não se vai juntar ao grupo de atletas que foram ‘agarrados’ pelos maiores clubes do mundo, mas uma coisa é certa, nos próximos anos, Erik Lamela será um atleta acompanhado de muito perto pelos olheiros.
JOVENS TALENTOS
FREDDY ADU
Nasceu no Gana há 15 anos mas hoje é internacional sub-20 pelos Estados Unidos. Um dos mais cobiçados e promissores talentos do futebol mundial tem um sem-número de pretendentes (entre os quais Inter de Milão, Real Madrid e Manchester United).
NIALL MASON
Jogava nas camadas jovens do modesto Hove Rivervale, em Brighton, quando certo dia um olheiro do Real Madrid decidiu propor-lhe um teste no Santiago Bernabéu. Niall Mason, do alto dos seus 7 anos, encantou os responsáveis ‘merengues’ que assinaram de imediato com o jovem médio inglês.
JOHN ROONEY
Tal como o mano mais velho, Wayne, John Rooney (13 anos) trocou as camadas jovens do Everton para ingressar no Manchester United. Há quem afirme que a contratação apenas serviu para satisfazer um pedido de Wayne Rooney, mas os ‘red devils’ já afirmaram que o jovem médio ofensivo pode vir a ser melhor do que o irmão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)