Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Roberto Carlos termina carreira em Dezembro

O defesa esquerdo brasileiro Roberto Carlos, campeão mundial em 2002 e actualmente, aos 38 anos, nos russos do Anzhi Makhatchkala, revelou que pretende terminar a sua carreira de futebolista em Dezembro.
30 de Janeiro de 2012 às 12:45
O defesa esquerdo considera a final frente à Juventus (1-0), em 1998, a mais importante
O defesa esquerdo considera a final frente à Juventus (1-0), em 1998, a mais importante FOTO: Lusa

"O meu contrato como jogador do Anzhi termina em Junho de 2013, mas em Dezembro tenho a possibilidade de terminar a minha carreira. Depois disso continuarei no clube, como adjunto do presidente Suleiman Kerimov", disse o futebolista ao jornal ‘Marca’.

Roberto Carlos explicou que lhe foi pedido ajuda por parte de Kerimov, com o objectivo de "reforçar a estrutura do clube nos próximos dez anos".

"Não paro porque estou lesionado, mas porque a minha vida desportiva foi completa. Joguei no Palmeiras, no Inter de Milão, no Real Madrid, vivi tudo o que um jogador pode viver enquanto futebolista", disse.

Num percurso desportivo de muito sucesso, o ponto mais alto aconteceu com a conquista do Mundial2002, mas também tem três Ligas dos Campeões (1998, 2000 e 2002) ao serviço dos "merengues", nos quais esteve 11 épocas.

Na hora de fazer um balanço, o defesa esquerdo considerou a final frente à Juventus (1-0), em 1998, a mais importante.

"Deu-nos o sétimo título da Liga dos Campeões (na história do clube madrileno). Ganhar aquele título 32 anos depois da sexta vez significou muito para mim e para os adeptos", referiu Roberto Carlos.

Em contraponto, na carreira do futebolista, segundo o próprio, fica a mágoa de não ter conseguido conquistar a Taça do Rei.

Roberto Carlos Futebol Brasileiro Defesa Esquerdo Anzhi
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)