Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

ROGÉRIO NÃO ESTÁ INSCRITO

O processo em torno da contratação de Rogério por parte do Sporting não está ainda totalmente resolvido e, ao contrário de algumas informações erradamente facultadas por alguns intervenientes nas negociações, o certificado internacional do jogador não chegou à FPF (Federação Portuguesa de Futebol). Quer isto dizer que os ‘leões’ não podem utilizar Rogério em compromissos oficiais, ficando o atleta apenas à disposição de José Peseiro para os ‘particulares’.
1 de Agosto de 2004 às 00:00
Hugo marcou pelo Sporting no jogo da estreia de Rogério
Hugo marcou pelo Sporting no jogo da estreia de Rogério FOTO: Owen Humphreys/Epa
Ainda assim, e apesar do Palmeiras pretender que o passe internacional do jogador fique retido na CBF (Confederação Brasileira de Futebol) até que se resolva o litígio entre o ‘verdão’ e Rogério – o Palmeiras reclama uma dívida de cerca de 2,2 milhões de euros e já viu o Tribunal do Trabalho dar-lhe razão –, a verdade é que o Sporting tem uma solução capaz de resolver o impasse, caso este se mantenha sem alterações.
De acordo com a lei, e sendo certo que o emblema ‘leonino’ nada tem que ver com a alegada dívida do jogador ao Palmeiras, pode a SAD solicitar um certificado provisório, o que, a ser-lhe concedido, permitiria a normal utilização do jogador.
Para já, no Brasil, o ‘caso’ continua a dar que falar. O Palmeiras, através de António Carlos Corcione, assessor da presidência, garante que “a CBF não pode liberar o atleta após a decisão da Justiça”. Já o assessor jurídico da CBF, Valed Perry, lembrou que “para a entidade (CBF), Rogério é um jogador sem clube”.
Assim, a não ser que o atleta chegue a acordo com o Palmeiras e reconheça estar em falta – este cenário é aquele que melhor serve todas as partes –, o clube brasileiro garante que “o jogador não pode jogar pelo Sporting porque não está liberado para isso. Apenas pode jogar amistosos”, lembrou aquele responsável. O Corinthians, clube que acordou com os ‘leões’ a transferência, diz-se à margem deste novo processo.
Certo é que ontem, em Inglaterra, frente ao Feyenoord, Rogério estreou-se com a camisola ‘leonina’ e até foi um dos jogadores chamados a converter uma das grandes penalidades.
VITÓRIA FRENTE AO FEYENOORD
A equipa do Sporting está na final do Torneio de Newcastle após vencer o Feyenoord por 5-4 no desempate por pontapés da marca de grande penalidade (1-1 no final dos 90 minutos). O guarda-redes Ricardo (que entrou poucos minutos antes do fim do jogo, tal como Beto) voltou a fazer figura perante adeptos ingleses ao defender o primeiro remate da série de cinco penáltis.
No tempo regulamentar, Hugo colocou o Sporting na frente, com um oportuno golpe de cabeça, e Kuyt empatou mais tarde, no aproveitamento de um erro de Polga. Os ‘leões’ jogam hoje a final às 15 horas (directo, na Sport TV) com o Newcastle, que também ontem venceu o Glasgow Rangers por 4-2.
OUTROS CASOS
LIEDSON
O avançado também chegou a Alvalade depois de um processo na Justiça que o opôs ao Corinthians. A diferença é que o tribunal deu razão a Liedson.
TINGA
Pouco depois do avançado, o Sporting garantiu a contratação de Tinga. O médio levou o Grêmio à Justiça e ganhou. Chegou a custo zero a Alvalade.
POLGA
Anderson Polga não precisou de entrar na Justiça para se vincular ao Sporting. O jogador deixou chegar ao fim o contrato que o ligava ao Grêmio. Foi uma excepção.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)