Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Ronaldo, Messi e Ribéry finalistas na Bola de Ouro

Prémio será entregue no dia 13 de janeiro.
9 de Dezembro de 2013 às 13:14
Franck Ribéry, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo
Franck Ribéry, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Franck Ribéry são os três candidatos à Bola de Ouro, segundo o anúncio da FIFA realizado esta segunda-feira. O prémio será entregue a um dos jogadores no dia 13 de janeiro.

Ainda sem confirmações oficiais a imprensa desportiva de todo o Mundo já avançada Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Franck RIbéry como nomeados para receber o troféu.

RONALDO NO PÓDIO DA ‘BOLA DE OURO’ PELA SEXTA VEZ EM SETE ANOS

O futebolista português Cristiano Ronaldo vai ficar pela terceira vez consecutiva, e sexta nos últimos sete anos, no pódio da ‘Bola de Ouro’, ao ser anunciado, esta segunda-feira, pela FIFA e o France Football como um dos três finalistas.

O jogador luso já venceu em 2008, enquanto jogador do Manchester United e numa altura em que ainda eram entregues dois troféus, a Bola de Ouro do France Football e o prémio de jogador do ano da FIFA.

Desde a fusão dos prémios, em 2009, Cristiano Ronaldo não mais ganhou, somando três segundos lugares, em 2009, 2011 e 2012, sempre atrás do argentino Lionel Messi, e um sexto, em 2010, ano em que Portugal caiu nos ‘oitavos’ do Mundial, face à Espanha.

O ‘capitão’ da seleção portuguesa de futebol está no pódio com o francês Franck Ribéry, uma estreia, depois de ter ajudado o Bayern Munique a vencer ‘tudo’ em 2013, e o ‘inevitável’ Messi, vencedor das últimas quatro edições.

Em 2013, Cristiano Ronaldo não venceu qualquer título coletivo, mas leva 67 golos marcados, em 56 jogos, sendo que, na presente temporada, contra 33 tentos, em 23 encontros, ao serviço do Real Madrid e da seleção portuguesa.

Entre os 209 membros do painel de eleitores, a FIFA anunciou hoje que votaram 88% dos membros das associações (capitães e selecionadores) e 94% dos jornalistas.

FERNANDO GOMES FELICITA RONALDO

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) felicitou, esta segunda-feira, Cristiano Ronaldo pela nomeação para a Bola de Ouro de 2013, manifestando-se convicto de que o internacional português verá "o seu valor reconhecido com a conquista" do galardão.

"Este foi um ano de ouro para Cristiano Ronaldo. O capitão da seleção nacional está de novo entre os três melhores jogadores de futebol do Mundo", observou Fernando Gomes, em mensagem divulgada no sítio oficial da FPF na Internet, defendendo que a nomeação premeia um "grande atleta".

Para o líder federativo, a nomeação "representa o reconhecimento, mais que justo, de todo o Mundo e em particular dos agentes de futebol – selecionadores, capitães de equipas e jornalistas – da qualidade, do trabalho, da determinação e do empenho do Cristiano Ronaldo".

"Acredito que no dia 13 de janeiro, quando for anunciada a decisão final, o Cristiano, por tudo o que faz em campo, verá mais uma vez todo o seu valor reconhecido com a conquista da Bola de Ouro", observou Fernando Gomes.

O avançado português é um dos três finalistas do prémio Bola de Ouro 2013, que será entregue a 13 de janeiro, em conjunto com o argentino Lionel Messi e o francês Franck Ribéry, anunciaram hoje a FIFA e a revista France Football.

Messi conquistou a Bola de Ouro nos últimos quatro anos (2009, 2010, 2011 e 2012), depois de Ronaldo ter sido designado o melhor futebolista de 2008, enquanto Ribéry, que na época passada se sagrou campeão alemão e europeu pelo Bayern de Munique, nunca recebeu o troféu.

As classificações de Cristiano Ronaldo desde 2007:
2013: Anunciado hoje nos três primeiros
2012: 2.º (atrás de Messi)
2011: 2.º (atrás de Messi)
2010: 6.º
2009: 2.º (atrás de Messi)
2008: Vencedor
2007: 2.º (atrás de Kaká)

GOLO DE MATIC FINALISTA DO PRÉMIO FIFA PARA O MELHOR DA ÉPOCA 2012/2013

O golo do sérvio do Benfica Nemanja Matic, marcado ao FC Porto no "clássico" da primeira volta da I Liga de futebol 2012/2013, figura entre os três finalistas para melhor da última época dos prémios FIFA.

Já para o prémio de treinador do ano, o português José Mourinho, vencedor da primeira edição, em 2010, segundo em 2012 e terceiro em 2011, ficou de fora pela primeira vez do grupo de três finalistas, tal como o espanhol Pep Guardiola.

Para 2013, o grupo de finalistas é formado pelo inglês Alex Ferguson, que deixou o Manchester United no final da época passada), e os alemães Jupp Heynckes (ex-Bayern Munique) e Jurgen Klopp, ainda no Borussia de Dortmund.

No que respeita aos golos, e a rivalizar com Matic, estão o sueco Zlatan Ibrahimovic, com um dos quatro tentos que marcou pela Suécia à Inglaterra (4-2), num particular realizado ainda em 2012, e o brasileiro Neymar, com o tento inaugural da vitória do Brasil sobre o Japão (3-0), na última Taça das Confederações.

Esta será a quinta edição de um galardão que começou a ser atribuído em 2009, ano em que foi premiado Cristiano Ronaldo com o golo que marcou ao FC Porto (1-0), na edição 2008/2009 da Liga dos Campeões, quando ainda representava o Manchester United.

Para o prémio de treinador do ano, apenas Jurgen Klopp está no ativo, mantendo-se no comando técnico do Borussia de Dortmund, clube pelo qual chegou à final da Liga dos Campeões do ano passado.

Tendo em conta os troféus conquistados na última época, Jupp Heynckes, já retirado, partirá como grande favorito, apresentando como trunfos o título europeu e alemão, mais a Taça da Alemanha, ao serviço do Bayern de Munique.

Quanto a Ferguson, que deixou o Manchester United após 26 anos de ligação ao clube, despediu-se com a conquista do título de campeão inglês, o 20.º dos "red devils".

A alemã Nadine Angerer, a brasileira Marta e a norte-americana Abby Wambach são as finalistas para jogadora do ano, enquanto os alemães Ralf Kellermann (Wolfsburgo) e Silvia Neid (seleção da Alemanha) e a sueca Pia Sundhage (seleção da Suécia) figuram na lista final para o prémio de melhor treinador de uma equipa feminina.

futebol Cristiano Ronaldo Lionel Messi Franck Ribéry finalistas Bola de Ouro
Ver comentários