Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Ronaldo resolve dérbi de Madrid

O Real Madrid confirmou ontem o favoritismo frente ao vizinho Atlético e mantém-se isolado no comando da Liga espanhola. Fê-lo com uma goleada (4-1) num jogo carregado de faltas e com duas expulsões para a equipa ‘colchonera’. O mérito foi de Di María e Higuaín, que brilharam com golos, mas também de Ronaldo, que bisou de penálti e desenhou a melhor assistência da partida.
27 de Novembro de 2011 às 01:00
Pepe e Ronaldo festejam vitória do Real Madrid
Pepe e Ronaldo festejam vitória do Real Madrid FOTO: Felix Ordonez/Reuters

O Atl. Madrid, sem Falcão e Sílvio (lesionados), marcou primeiro numa iniciativa de Adrián, em resposta a um passe do ex--benfiquista Salvio.

Mas os ‘colchoneros’ desceram ao inferno oito minutos depois, por causa da expulsão do guarda-redes Courtois, que derrubou Benzema em zona proibida. Ronaldo igualou de penálti e voltaria a marcar na conversão de outro castigo máximo, ampliando a sua contagem de golos na Liga espanhola (16). Pelo meio, embalou Di María para um golo, deu nas vistas com fintas e um toque de calcanhar, e ajudou a distrair os ‘colchoneros’ quando Higuaín aproveitou um erro de Godín para marcar.

"CANELEIRAS DE CARBONO"

"Ainda bem que existem caneleiras de carbono. São caras, mas mostraram que são eficazes", disse José Mourinho.

"O Real Madrid não quis fazer um jogo feio nem bronco. Jogámos futebol e ganhámos. Actuámos com calma e mantivemos sempre a concentração", frisou o técnico do Real.

pepe ronaldo real madrid atlético dérbi espanha mourinho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)