Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Rui Alves quer impugnar eleições da Liga

O candidato à presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Rui Alves, garantiu hoje à Lusa que vai "interpor uma providência cautelar para impugnar as eleições por estas estarem feridas de legalidade".
23 de Abril de 2010 às 22:44
Presidente do Nacional da Madeira lança acusações ao concorrente
Presidente do Nacional da Madeira lança acusações ao concorrente FOTO: José Rebelo

"Não me candidato com estatutos ilegais, que não estão conforme o regime jurídico das federações e a Lei de Bases do Sistema Desportivo", disse Rui  Alves, prometendo na próxima semana "enviar aos clubes uma proposta de novos estatutos e na semana seguinte os estatutos já prontos para serem  aprovados", caso contrário não será candidato.   

 

O actual presidente do Nacional não poupa o seu concorrente às eleições da Liga de Clubes, Fernando Gomes, nem os clubes que lhe têm manifestado publicamente apoio, a quem acusa de aprovarem estatutos e regulamentos que exigem que o voto seja secreto e depois violam-nos, tornando público esse apoio.  

 

Rui Alves lança inúmeras interrogações a Fernando Gomes: "Vai fazer auditoria aos dinheiros da Liga que são semipúblicos? Vai fazer auditoria aos 50 milhões que foram gastos e com atribuições sem concurso  público? Vai fazer uma auditoria à Desporto Seguro para saber como foram gastos os dinheiros que os clubes pagaram? Vai apurar porque é que foram  gastos 400 mil euros em alugueres de carros sem se saber qual a razão porque se escolheu uma certa empresa?"

O dirigente desportivo fala de um "comando invisível" que está a orientar a campanha eleitoral de Fernando Gomes, comando esse que tem na retaguarda a "agência de comunicação de Hermínio Loureiro", que vai passar a ser a do seu "concorrente  eleitoral", e alguns jornalistas que têm promovido "o trabalho do anterior presidente da LPFP e o que será feito pelo ex-administrador do FC Porto". 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)