Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

RUI SILVA NA FINAL DOS 1500 METROS

Os portugueses têm finalmente razões para sonharem com uma subida ao pódio nos Mundiais de atletismo, que decorrem em Paris, depois do apuramento imperial de Rui Silva rumo à final dos 1500 metros.
26 de Agosto de 2003 às 00:26
Rui Silva demonstrou ontem na sua meia-final os argumentos que lhe podem abrir as portas do pódio na corrida decisiva, agendada para amanhã (21h00).
Com uma táctica cautelosa, a refugiar-se na cauda do pelotão, Rui Silva arrancou com grande facilida-de para garantir o apuramento (3.38,37), logo atrás do superfavorito ao triunfo, o marroquino Hitcham El Guerrouj. No entanto, a luta pelas medalhas não se afigura fácil, pois o vencedor da outra meia-final, o francês de origem marroquina Mehdi Baala (campeão europeu) também se mostrou em grande forma ao terminar em primeiro com 3.39,73.
Os espanhóis Reyes Estevez e Roberto Parra terão igualmente uma palavra a dizer quanto ao desfecho da final.
Teresa Machado em décimo
A lançadora portuguesa Teresa Machado também abandonou ontem a pista francesa com a sensação de dever cumprido, depois de terminar em 10.º lugar a final do lançamento do disco.
Apesar da vasta experiência em competições internacionais, Teresa Machado iniciou o seu concurso com um lançamento nulo, depois realizou 57,86 e, no derradeiro ensaio, arremessou o engenho a 59,46 metros. Garantiu um lugar no ‘top-ten’, entre as 13 concorrentes finalistas. O ouro sorriu à bielorrussa Irina Yatchenko (67,32), sendo acompanhada no pódio pelas gregas Anastasia Kelesidou (67,12) e Ekaterina Voggoli (66,73).
Ver comentários