Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Rui Sousa mais forte na Graça

Vencer no Alto da Senhora da Graça é um sonho. Partir de Viana do Castelo, passar à porta de casa e depois ganhar é fantástico", disse ontem Rui Sousa (36 anos), vencedor da etapa que terminou na Senhora da Graça (151,9 km).

20 de Agosto de 2012 às 01:00
Rui Sousa, de 36 anos, festeja a vitória
Rui Sousa, de 36 anos, festeja a vitória FOTO: Nuno Veiga / Lusa

O dia prometia decisões entre os favoritos e estas acabaram por acontecer, com Hugo Sabido (LA-Antarte) a chegar à camisola amarela e a equipa Efapel a dar uma prova de força. Apesar de uma fuga com 14 elementos ter alcançado o Alto da Senhora da Graça isolada, na subida, os principais favoritos chegaram rapidamente à frente da corrida, ao contrário do camisola amarela Jay Thomson (Healtcare), que ficou para trás.

A dois quilómetros da meta, a Efapel mexeu no grupo da frente e Ricardo Mestre (Carmim-Prio), que já havia caído, não foi capaz de acompanhar o ritmo imposto.

Ao mesmo tempo, Hugo Sabido atacava em busca da camisola amarela, mas sem conseguir fugir a Rui Sousa, David Blanco, Nuno Ribeiro (todos da Efapel) e de De La Cruz (Caja Rural). Nos metros finais, Rui Sousa atacou e conquistou a vitória, sendo seguido por Sérgio Ribeiro e David Blanco, num pódio totalmente dominado pela Efapel.

Na geral, Hugo Sabido tornou-se no líder da prova, com 8’ de vantagem para César Fonte e 41’ para Rui Sousa, da Efapel.

Hoje, os corredores fazem a ligação entre Armamar e Oliveira de Azeméis (176,9 km).

O OLHAR DO ADEPTO, POR AMÉRICO SILVA

Supremacia da Epafel

Asubida ao Alto da Senhora da Graça mostrou que a Efapel é a equipa mais forte do pelotão, com, pelo menos, dois candidatos à vitória: David Blanco e Rui Sousa (se tiver a autorização da equipa). O camisola amarela Hugo Sabido, a manter a boa forma, pode causar uma surpresa.

Ricardo Mestre, depois do dia mau, está mais longe da luta. O vencedor do ano passado perdeu quase um minuto para os adversários e a história recente da Volta a Portugal tem mostrado que é difícil inverter uma desvantagem tão grande.

Volta a Portugal Rui Sousa Hugo Sabido camisola amarela
Ver comentários