Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Sá Pinto deixa direcção desportiva de Alvalade (ACTUALIZADA)

Após as agressões desta quarta-feira à noite no balneário do estádio José de Alvalade com o goleador Liedson, Sá Pinto abandonou a direcção desportiva do Sporting. A SAD informou, entretanto, que se vai pronunciar sobre o sucedido.
21 de Janeiro de 2010 às 11:15
Sá Pinto
Sá Pinto FOTO: Pedro Simões/Record

Liedson e Sá Pinto desentenderam-se ontem à noite após o encontro com o Mafra, em pleno balneário do Estadio José de Alvalade. Na base da discussão terá estado o erro de Rui Patrício que resultou no segundo golo de Mafra e embora ninguém assuma publicamente que o director desportivo e o jogador chegaram a vias de facto, de acordo com os jornais desportivos houve uns quantos murros e empurrões entre ambos.

O treinador Carlos Carvalhal bem como o resto da equipa assistiram a todo este cenário e o ambiente só acalmou quando Lideson foi retirado do balneário.

A discussão entre Sá Pinto e o goleador luso-brasileiro começou durante o jogo quando o director desportivo começou a criticar o erro do guarda-redes e Liedson saíu imediatamente em sua defesa.

SAD VAI MANTER SERENIDADE

Este conflito e estas agressões fizeram com que Carlos Carvalhal chegasse tarde à sala de imprensa no final do jogo e, de acordo com os jornalistas, bastante tenso. 'Tive um problema pessoal', foi a justificação de Carvalhal à imprensa pelo atraso de mais de de uma hora.

Sem confirmar ou desmentir as notícias dos jornais desportivos desta manhã, uma fonte da SAD disse à agência Lusa que a SAD irá manter a serenidade e emitirá um comunicado sobre o assunto.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)