Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

SAD descarta transferência de Ricardo para o Arsenal

A SAD ‘leonina’ desvaloriza por completo as notícias que ontem circularam dando conta de um eventual interesse do Arsenal no guarda-redes Ricardo. Paulo Andrade, administrador executivo, garantiu a inexistência de contactos entre os clubes, falando mesmo em desestabilização.
5 de Março de 2005 às 00:00
Ricardo desconhece o interesse
Ricardo desconhece o interesse FOTO: Carlos Patrão/Record
“Não se passa rigorosamente nada. Connosco ninguém falou. Aliás, também na semana passada se falou de uma eventual transferência... se calhar, o que se pretende é desestabilizar o jogador ou o Sporting”, disse aquele responsável, desconfiado “do ‘timing’ e da forma como as notícias surgem. Porque a qualidade do Ricardo, essa é a inquestionável”, sustentou.
E, na verdade, também um colaborador do empresário Nuno Baptista, agente FIFA que representa os interesses do guarda-redes ‘leonino’, negou, ao CM, qualquer contacto com o Arsenal, corroborando assim as palavras de Paulo Andrade.
‘SISTEMA E DINHEIROS SUJOS’
Dias da Cunha afirmou ontem que o Sistema e os dinheiros sujos são as duas pragas do futebol, sublinhando contudo que são duas realidades distintas. “Fiz sempre uma separação muito clara entre o ‘Sistema’ e dinheiros sujos. São duas pragas que afectam o futebol profissional, mas são duas realidades distintas, que só em situações de excepção se tocam”, afirmou o presidente em entrevista ao ‘site’ do Sporting, acrescentando: “Para mim é cada vez mais um postulado que quem quer que nada mude no futebol profissional está com o ‘Sistema’. Esta é uma provocação que dirijo aos partidos políticos, da extrema-esquerda à extrema-direita, sem excepção”.
Dias da Cunha lamentou ainda a reacção de José Lello às suas palavras. O líder ‘leonino’ acusou o ex-governante socialista, que é apontado como futuro ministro do desporto, de fazer parte do sistema e este ripostou dizendo que respeita a idade de Dias da Cunha. “É uma pena que se reaja de forma impulsiva”, afirmou o presidente do Sporting, classificando a atitude de Lello como “elegante entre aspas”.
Ver comentários