Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Sadinos caem em Mirandela

O Mirandela foi uma das grandes surpresas da 3ª eliminatória da Taça de Portugal ao deixar pelo caminho (1-0) o histórico Vitória de Setúbal.
17 de Outubro de 2011 às 01:00
Paulo Roberto, do Mirandela, festeja o golo que valeu a eliminação do V. Setúbal
Paulo Roberto, do Mirandela, festeja o golo que valeu a eliminação do V. Setúbal FOTO: Pedro Rosário/Lusa

A equipa da casa, que subiu este ano à II Divisão Zona Norte, iniciou o desafio com um futebol alegre e linhas bem posicionadas no terreno.

O golo de Paulo Roberto, logo aos seis minutos, a concluir da melhor forma uma jogada de entendimento colectivo, deu ainda maior motivação aos transmontanos, que foram para a frente em busca de mais.

O Mirandela quis mostrar que não estava em campo para participar na festa dos sadinos, que apresentavam um futebol pouco trabalhado e sem ligação entre os sectores.

Só nos minutos finais da primeira parte é que os visitantes ameaçaram, com dois remates defendidos pelo guarda--redes Manu.

À saída para o descanso, o resultado premiava a coragem dos anfitriões, que não se intimidaram perante um clube de primeiro escalão.

No reatamento, os locais voltaram a criar perigo, mas depois recuaram e limitaram-se a defender o resultado, perante um V. Setúbal nervoso e perdulário.

A formação de Bruno Ribeiro viu a tarefa ficar ainda mais complicada após as expulsões de Rafael Lopes por palavras dirigidas a um dos árbitros assistentes, aos 72’, e Hugo Leal, por agressão a um jogador do Mirandela, aos 81’.

A jogar com menos dois nos minutos finais, os sadinos não conseguiram vergar o abnegado Mirandela.

CONHÉ CRITICA JOGADORES

"Só aparecemos na 2ª parte, quando o Mirandela já levava 45 minutos de avanço. Deitámos tudo a perder com as expulsões", disse Conhé, treinador adjunto do V. Setúbal Já o guardião Ricardo explicou o golo: "O campo estava húmido e irregular e a bola em vez de deslizar, parou. Ou fazia falta e era expulso ou deixava seguir." Por seu lado, o treinador do Mirandela, Pedro Monteiro, afirmou: "Fomos organizados e merecemos esta vitória. Podíamos ter marcado mais."

MIRANDELA TAÇA DE PORTUGAL VITÓRIA DE SETÚBAL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)