Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

SADINOS EMPATAM NO BESSA

Boavista e Vitória de Setúbal repartem a liderança na SuperLiga, depois de ontem terem empatado a uma bola no Estádio do Bessa, numa partida em que os axadrezados apenas se podem queixar das oportunidades desperdiçadas.
18 de Setembro de 2004 às 00:00
Contrariando a ideia de equipa dura, o Boavista não só se adiantou cedo no marcador através do golo de Martelinho – fuzilou a baliza do Setúbal quando foi servido à entrada da área por André Barreto –, como partiu para uma exibição vistosa e que agarrou por completo o público que se deslocou ao Bessa.
A equipa de Jaime Pacheco até poderia ter partido para o intervalo com uma vantagem mais confortável no marcador – Martelinho quase repetiu o lance do primeiro golo quando foi servido por Lucas, enquanto Cadú e Zé Manuel falharam oportunidades soberanas –, mas no segundo tempo tudo se complicou.
O setubalense Jorginho restabeleceu a igualdade – ainda na primeira parte, William e Éder haviam neutralizado as investidas dos sadinos Meyong e Jorginho –, depois de um primeiro calafrio causado pelo remate de Frechaut, que foi anulado sobre a linha fatal por Hugo Alcântara.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)