Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

SADINOS FORTÍSSIMOS SURPREENDEM EM PENAFIEL

O Vitória de Setúbal garantiu um robusto triunfo na deslocação a Penafiel (4-1), ao vencer com toda a naturalidade uma equipa que denotou inúmeras fragilidades neste regresso ao seio dos grandes.
30 de Agosto de 2004 às 00:00
Rolf dá luta a Bruno Ribeiro
Rolf dá luta a Bruno Ribeiro FOTO: d.r.
A supremacia dos sadinos sobre os penafidelenses começou logo a desenhar-se nos primeiros minutos, quando Meyong concluiu com êxito à boca da baliza, depois de uma defesa incompleta de Nuno Santos a um primeiro remate de Ricardo Chaves.
A equipa da casa ainda conseguiu restabelecer a igualdade poucos minutos depois por Roberto – beneficiou de uma defesa incompleta de Marco Tábuas a um primeiro remate de Rolf –, mas quando tudo apontava para que o Penafiel pudesse superiorizar-se aos sadinos, o brasileiro que havia apontado o primeiro golo do penafidelenses, acabou por desperdiçar um penálti.
Como se não bastasse, a equipa de Manuel Fernandes acabaria por ficar reduzida a dez elementos devido à expulsão do capitão Pedro Moreira – ceifou o sadino Jorginho quando este apareceu isolado à entrada da área – e já pouco depois do intervalo o V. Setúbal chegava à vantagem, quando Auri se elevou mais alto que os centrais e concluiu com êxito um canto.
O setubalense Auri voltou a colocar a nu a fragilidade da defesa do Penafiel e a vencer confortavelmente por 3-1, a equipa de Couceiro nem tão pouco denotou a expulsão de Bruno Ribeiro.
Drulovic ainda poderia ter reduzido a desvantagem no marcador e já sobre o apito final Igor deu a última machadada.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)