Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

SAINZ SOFRE ACIDENTE

Não está a ser nada feliz a despedida do espanhol Carlos Sainz do Mundial de ralis. O piloto da Citroën sofreu um aparatoso acidente, na região de Harvey, quando fazia o reconhecimento a um dos troços do Rali da Austrália – aquela que será a última prova da sua carreira –, embatendo violentamente com o seu Xsara numa árvore.
10 de Novembro de 2004 às 00:44
Sainz, de 42 anos, foi observado num hospital de Perth e os médicos decidiram colocar-lhe uma coleira cervical. O piloto de Madrid corre agora o risco de nem poder acelerar a partir de sexta-feira nas estradas de terra do país dos cangurus, por ordem dos médicos. “A desaceleração foi brutal, já que passámos dos 80 km/hora aos zero num instante”, adiantou o piloto no hotel onde se encontra em repouso absoluto. “Senti algumas dores no pescoço e levaram-me ao hospital para fazer um exame exaustivo. Detectaram um disco cervical ligeiramente danificado, mesmo na zona onde sinto algumas dores”.
Sainz vai hoje ser observado por um especialista, que vai determinar se o piloto da Citroën pode disputar a prova australiana. “De momento, o médico proibiu-me de competir até certificar-se da extensão da minha lesão. Como tal, não sei se vou participar no rali. São os médicos que têm a última palavra”. Maec Marti, co-piloto se Sainz, saiu ileso do despiste.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)