Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Samaris no dérbi só por milagre

Conselho de Disciplina reúne-se hoje e pode divulgar o castigo que afasta o atleta do jogo com o Sporting.
Mário Figueiredo e Pedro Neves de Sousa 11 de Abril de 2017 às 08:49
Samaris
Confusão instalou-se nos últimos momentos do Moreirense-Benfica
Samaris
Samaris
Samaris
Samaris
Confusão instalou-se nos últimos momentos do Moreirense-Benfica
Samaris
Samaris
Samaris
Samaris
Confusão instalou-se nos últimos momentos do Moreirense-Benfica
Samaris
Samaris
Samaris
Samaris deve conhecer hoje a pena pelo soco dado a Diego Ivo no jogo de domingo com o Moreirense (triunfo das águias por 1-0), mas é certo que só um milagre permitirá a sua utilização no dérbi com o Sporting, no dia 22, numa partida que poderá decidir o vencedor da Liga.

O grego do Benfica incorre numa pena de um a dez jogos de suspensão pela agressão, como refere o artigo 151 do Regulamento Disciplinar da Liga, mas o Correio da Manhã sabe que em cima da mesa estará um castigo entre três a quatro jogos.

Contudo, este processo deve ser mais célere do que o habitual. O Sporting já apresentou queixa na Comissão de Instrutores da Liga e se o auto com as imagens televisivas da agressão chegar ao Conselho de Disciplina da FPF a pena pode ser conhecida hoje, após a reunião do organismo, que tem início às 14h30.

O Conselho de Disciplina pode funcionar como uma ‘brigada de trânsito’, ou seja, pode ‘multar’ com base nas imagens da transgressão. Há flagrante delito e, assim, não é preciso ouvir os intervenientes no lance nem os árbitros da partida. O que faz acelerar todo o processo.

O grego Samaris já tinha estado num lance polémico no recente clássico com o FC Porto (1-1 na Luz), com o Sporting a fazer uma queixa contra o jogador do Benfica por agressão a Alex Telles. No entanto, o Conselho de Disciplina, liderado por José Meirim não deu provimento ao desejos dos leões e não foi aberto qualquer inquérito.

"Aliança para tirar o ‘Tetra’"
"Uma tentativa desesperada da aliança para tirar o tetracampeonato." Foi desta forma que fonte oficial do Benfica reagiu aos protestos do Sporting e FC Porto, que visam o castigo de Samaris pela agressão a Diego Ivo no jogo com o Moreirense.

A mesma fonte entende mesmo que esta atitude dos rivais "só dá ainda mais força para chegar ao título de campeão nacional". Segundo o CM apurou, as águias pretendem que o grego Samaris tenha o mesmo tratamento que foi dado em casos como os das alegadas agressões de Slimani (Sporting) ou de Corona (FC Porto) quando este apertou o pescoço a um adversário.

Os encarnados defendem que Diego Ivo provocou Samaris, momentos antes do lance que culminou com o murro.
Samaris Diego Ivo Moreirense Sporting Benfica FC Porto Luz Alex Telles desporto futebol
Ver comentários