Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

SANÇÕES IMPEDEM VENDA DAS CAMISOLAS DA JUVENTUS

As camisolas utilizadas pela Juventus na próxima edição da Liga dos Campeões não vão estar disponíveis para comercialização devido à publicidade de uma empresa petrolífera líbia, patrocina a equipa de Turim na competição de clubes mais importante da Europa.
12 de Agosto de 2003 às 18:00
Esta situação, algo caricata, surge devido às sanções dos EUA em relação àquele país africano. Sendo a Nike, empresa de material desportivo e a fabricante do “uniforme” da “Juve”, uma multinacional norte-americana fica obrigada a cumprir com estas proibições.
“A Nike não pode produzir, distribuir e vender as camisolas da Juventus com o logotipo da Tamoil, uma vez que esta empresa está na lista de entidades que são alvo de sanções”, afirmou Charlie Brooks, porta-voz da Nike na Europa.
A “Juve” na edição do ano passado da Liga dos Campeões tinha o mesmo patrocínio, mas uma vez que o fabricante das camisolas era a marca italiana Lotto, as sanções não tinham qualquer efeito.
Desde 1986 que os cidadãos e empresa norte-americanas com algum tipo de transacção comercial com a Líbia estão sujeitos a sanções por parte governo dos EUA.
Ver comentários