Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Santana Lopes elogia Veiga

Pedro Santana Lopes chegou tarde mas ainda a tempo de dar um aperto de mão a José Veiga, ex-dirigente do Benfica que ontem promoveu num hotel de Lisboa o lançamento do seu livro ‘Como tornar o Benfica Campeão’. “Julgava que vinha aqui discretamente. Afinal, está tanta gente. Quem pode, pode...”, deixou escapar o antigo primeiro-ministro e ex-presidente do Sporting, que logo a seguir justificou a razão da presença. “Conheci o José Veiga há vários anos, quando estive no Sporting. Sempre teve um relacionamento muito correcto comigo. Pessoalmente só tenho a dizer bem dele. É uma pessoa frontal”, elogiou.
8 de Dezembro de 2007 às 00:00
Inquirido sobre a necessidade de os dirigentes do Sporting lerem o livro, Santana Lopes esquivou-se. “Todos devem ler. Os sportinguistas sabem que há épocas difíceis e algumas em que se ganha. Vou ler para saber os segredos do adversário”, confidenciou.
O cineasta António Pedro Vasconcelos, o treinador Octávio Machado e o conhecido adepto do Benfica, António Ramos ou ‘Barbas’, também marcaram presença. Octávio, que pediu a Veiga uma dedicatória, revelou ao CM que a sua presença se deveu “à curiosidade. Quero ver algumas histórias contadas por outras partes”.
José Veiga explicou que o livro não é uma biografia. “São factos. A minha vida está profundamente marcada pela passagem pelo Benfica, era um sonho de criança. Este livro serve para ajudar, pois não é possível o maior clube português ganhar apenas um campeonato em 14 anos”.
"VIEIRA FAZ O FAVOR DE SER MEU AMIGO"
Correio da Manhã – Admite regressar ao Benfica?
José Veiga – Sim. Há muito trabalho para fazer.
– Como é a sua actual relação com Luís Filipe Vieira?
– Acho que é boa. Não me chateei com ele. Penso que Vieira faz o favor de ser meu amigo.
– Rui Costa seria um bom presidente do Benfica?
– É um erro estratégico estar a anunciar Rui Costa para futuro presidente. É uma forma simpática de esconder os maus resultados. Quem elege presidentes são os sócios. Aquilo não é uma monarquia nem uma ditadura.
– Recebeu convites para voltar a ser gestor desportivo?
– A maioria dos clubes da Liga convidaram-me.
O QUE DIZ O LIVRO DE JOSÉ VEIGA
PINTO DA COSTA
"Para acabar com esse tal sistema é preciso acabar com Pinto da Costa – estou a falar da sua saída do futebol – e que, para chegar lá, teria que se fazer cair outras pessoas que fazem parte da sua teia de interesses e relações: dirigentes, empresários, políticos, banqueiros... pessoas influentes no país, que sempre foram o escudo protector de Pinto da Costa."
JOSÉ MOURINHO
"O Mourinho só não regressou ao Benfica porque Luís Filipe Vieira quis que o Jesualdo, com quem ele tinha uma relação especial, ficasse como treinador adjunto. [...] O Mourinho não gostou que lhe impusessem uma pessoa na equipa técnica."
LUÍS FILIPE VIEIRA
“Luís Filipe Vieira tentou encontrar subterfúgios para explicar o desaire [Mourinho]. Ele não tem sensibilidade para as questões do futebol: no futebol, quando percebemos que um jogador ou treinador, tem valor, temos de o contratar imediatamente. O presidente não percebe estas coisas. É por isso que o Benfica não ganha."
JOÃO PINTO
"O Porto fez [...] forte pressão para que João Pinto fosse para as Antas [...]. O Sporting pagaria ao jogador quatro milhões de euros líquidos de impostos, em três parcelas. O jogador assinou, mas, uns dias depois, o Sporting propôs ao jogador a alteração do contrato de direitos desportivos. O clube não queria pagar impostos em Portugal (um montante muito elevado)."
LUÍS FIGO
“Nunca cheguei a ter a certeza se o Figo pretendia mesmo transferir-se para Itália ou se estava apenas a utilizar o Milan como arma de pressão sobre o Barcelona, de forma a obrigar os catalães a melhorarem as condições salariais. ‘Eu assino [pelo Real Madrid] se levarem o Sá Pinto’, disse Figo, talvez com a inconsciência própria de quem não se apercebe que não estava em condições de fazer exigências tão disparatadas."
HELEN SVEDIN
"Recordo que a Helen, a mulher do Figo, disse que não queria o marido metido nestas confusões e que talvez o melhor fosse permanecerem em Barcelona."
RUI COSTA
"José Veiga não hesitou em multar Rui Costa, logo nas primeiras semanas do regresso do n.º 10 ao Estádio da Luz. [...] O jogador, alegadamente, terá tido um comportamento deselegante, ao aperceber-se que seria substituído por Fernando Santos [no Bessa]. O presidente do Benfica [...] tenta pôr água na fervura, mas a decisão de José Veiga está tomada e nem mesmo Luís Filipe Vieira consegue influenciar o director--geral a retroceder."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)