Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Saviola e Nolito brilham no Estádio da Luz

Um cabeceamento imparável de Luisão e a calma de Nolito, que teve tempo para tudo após uma tabelinha com Saviola, permitiram ao Benfica vencer o Paços de Ferreira por 4-1 no Estádio da Luz, em jogo a contar para a sétima jornada, atribuindo provisoriamente a liderança destacada aos encarnados. Para trás ficou um período de algum sufoco, após Michel reduzir de penálti logo após o intervalo, diminuindo a vantagem assegurada pelos dois golos do argentino Saviola na primeira parte.
1 de Outubro de 2011 às 22:50
Saviola marcou os dois primeiros golos do jogo no Estádio da Luz
Saviola marcou os dois primeiros golos do jogo no Estádio da Luz FOTO: Paulo Cordeiro/Lusa

Saviola inaugurou o marcador, aos 21 minutos, na sequência de uma espectacular jogada: Aimar abriu na direita, com uma passe teleguiado para Maxi Pereira, que dominou com o peito e com uma simulação, deixou Vítor para trás e cruzou para o segundo poste, onde apareceu Cardozo a assistir ‘El Conejo’.

O golo tranquilizou ainda mais os encarnados, que já mantinham domínio acentuado sobre o adversário, e foi sem surpresas que aos 43 minutos surgiu o segundo golo. Bruno César marcou um canto e Saviola, novamente, rematou de primeira, sem deixar bater cair. O argentino tem sido suplente nos últimos jogos, mas revelou-se fundamental nesta partida.

Os encarnados reclamaram ainda um penálti sobre Aimar, mas o árbitro Bruno Esteves mandou seguir a bola.

Pelo contrário, já depois do intervalo, Bruno Esteves assinalou grande penalidade contra o Benfica, punindo entrada de Luisão (que viu o amarelo) sobre Luisinho. Michel facturou, reduzindo a desvantagem para 2-1 aos 51 minutos.

Cinco minutos mais tarde, Artur Moraes assegurou a manutenção da vantagem da equipa da casa, defendendo um remate à queima-roupa de Melgarejo, que foi emprestado pelo Benfica ao Paços de Ferreira.

O lance serviu de sério aviso para os comandados de Jorge Jesus, que partiram para o golo da tranquilidade com grande convicção. E foram dois golos de rajada.

Tudo se descomplicou para o Benfica aos 65 minutos, quando Luisão aproveitou um livro cobrado da direita para desmarcar-se na grande área e marcar de cabeça. Dois minutos mais tarde Nolito aproveitou a oferta de Saviola, colocando o resultado em 4-1, só com o guarda-redes Cássio à sua frente.

Até ao final do jogo só deu Benfica, com o público a pedir só mais um, mas o resultado não se alterou.

O Benfica é provisoriamente líder destacado, com mais três pontos do que o FC Porto e o Sporting de Braga, ambos com um jogo a menos.

Saviola Benfica Paços de Ferreira Cardozo Michel Penálti Bruno Esteves Nolito Luisão
Ver comentários