Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Schumacher não esquece Ferrari

A Mercedes GP apresentou esta segunda-feira em Estugarda a equipa oficial para competir no Mundial de Fórmula 1 de 2010. À festa não faltaram 600 convidados que assistiram ao regresso do piloto alemão Michael Schumacher e o ouviram confessar não esquece os anos que passou na Ferrari.
25 de Janeiro de 2010 às 16:07
Schumacher regressa pela Mercedes quatro anos depois de ter abandonado a Fórmula 1
Schumacher regressa pela Mercedes quatro anos depois de ter abandonado a Fórmula 1 FOTO: d.r.

"Muitas coisas da minha história e parte do meu coração será sempre vermelho. Não se pode esquecer que tivemos inúmeros momentos de alegria juntos e estou ansioso por rever alguns dos meus velhos amigos", afirmou Schumcher, venceu sete campeonatos de Fórmula 1, cinco dos quais ao serviço da Ferrari.

Apesar de regressar ao ‘Grande Circo' com a equipa alemã, Schumacher não esquece os colegas e amigos que deixou na Ferrari. "Ainda mantenho contacto regular com todos. Continuo a ser amigo deles e isso não vai mudar. É claro que vamos competir, mas isso não significa que se vá esquecer tudo o que aconteceu", sublinhou.

Já a pensar no futuro, o piloto de 41 anos reconheceu que é "genial" estar de volta, após quatro anos de ausência. "É genial estar de volta e fazer parte desta equipa. senti muitas emoções quanto estive para regressar no Verão (para substituir o lesionado Felipe Massa da Ferrari), mas tenho de confessar que fiquei surpreendido com a reacção das pessoas com o meu regresso", sustentou.

Décadas após o abandono da Fórmula 1, a Mercedes GP regressa com uma equipa própria. Além do heptacampeão mundial, a escuderia alemã vai atacar o Mundial com Nico Roseberg.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)