Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Schumacher perde pole na secretaria

Foi o mais rápido na pista mas vai largar da última posição. O piloto alemão Michael Schumacher (Ferrari) sai hoje do derradeiro lugar da grelha de partida para o Grande Prémio do Mónaco em Fórmula 1, depois dos comissários de pista terem concluído que o germânico prejudicou a volta de classificação de alguns pilotos. Com este castigo, será o espanhol Fernando Alonso (Renault) a sair da ‘pole position’ nas ruas de Monte Carlo.
28 de Maio de 2006 às 00:00
O piloto alemão sorri antes de saber do castigo dos comissários
O piloto alemão sorri antes de saber do castigo dos comissários FOTO: Olivier Weiken, Epa
Os comissários revelaram tal decisão num comunicado, onde alegam que Schumacher imobilizou injustificadamente o Ferrari, prejudicando aqueles que estavam numa volta lançada. “Os comissários não conseguem encontrar uma justificação para que o piloto tivesse travado de forma inesperada e parado o carro. Assim, não resta alternativa a não ser concluir que o fez de forma deliberada. Os comissários acordaram, então, retirar todos os tempos de Schumacher, condutor do carro n.º 5. O piloto vai, deste modo, largar da última posição da grelha”.
O português Tiago Monteiro, que sai da 17.ª posição no seu Midland, voltou a ser batido pelo companheiro de equipa, mas queixou-se de ser prejudicado na sua melhor volta. “O carro esteve bom durante todo o fim-de-semana, mas infelizmente fui prejudicado em três curvas quando tentava fazer a minha melhor volta, perdendo meio segundo com isso”, afirmou.
Ver comentários