Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

'SCHUMI' JOGA PELO SANTOS

Verdadeiro apaixonado pelo desporto-rei, o alemão Michael Schumacher, piloto da Ferrari no Mundial de Fórmula 1, vai hoje viver um dia diferente.
2 de Abril de 2003 às 00:00
Aproveitando a sua estadia no Brasil, para disputar o Grande Prémio de Interlagos (domingo), 3.ª prova do Mundial, o pentacampeão germânico vai disputar um jogo ao serviço do Santos, vencedor do campeonato brasileiro em 2002. Vai ser um jogo-treino destinado a angariar verbas para o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), onde vão estar dois dos mais cotados jogadores ‘canarinhos’ assim como o piloto da Ferrari.
Num preparo onde o plantel ‘santista’ vai ser dividido em duas equipas, ‘Schumi’ vai alinhar nas duas, para, deste modo, ter a oportunidade de encetar umas jogadas com o médio Diego e com o avançado Robinho, dois jogadores que pretendia conhecer após ter visto a final do ‘Brasileirão’ frente ao Corinthians.
“As jogadas do Robinho na final não param de passar na televisão alemã. Mal posso esperar para jogar com eles. Divirto-me bastante quando jogo com profissionais, já que aprendo muito”, adiantou ‘Schumi’.
Há dois anos, o piloto alemão havia jogado no Maracanã, juntamente com Ronaldo.
ALEMÃO FELIZ COM DECISÃO DA FIA
A decisão da Federação Internacional do Automóvel (FIA) em adiar a implementação de novas regras na F1, nomeadamente os sistemas de assistência, que agora só vai entrar em vigor na primeira prova de 2004, foi vista com bons olhos por parte de Schumacher. “Nunca escondi a minha opinião acerca das ajudas electrónicas. Gosto delas porque permitem ao piloto explorar ao máximo as potencialidades do monolugar sem colocar em risco a nossa integridade”, avançou o piloto alemão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)