Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Scolari solidário com Villas-Boas

O brasileiro Luiz Felipe Scolari, antigo seleccionador de Portugal que também treinou o Chelsea, de Inglaterra, acusa o russo Roman Abramovich, dono dos blues, de privilegiar determinados jogadores do plantel.
5 de Março de 2012 às 12:00
Luiz Felipe Scolari
Luiz Felipe Scolari FOTO: d.r.

O actual técnico do Palmeiras, do Brasil, saiu esta segunda-feira em defesa de André Villas-Boas, técnico português que, no último domingo, foi demitido do Chelsea, da Premier League inglesa, devido a maus resultados.

"A cultura do Chelsea é muito diferente. Podem pensar que esta saída é estranha, mas para mim, que lá estive, não o é. O proprietário do clube [Abramovich] relaciona-se melhor com alguns jogadores do que com o treinador e, privilegia, em certos casos, a relação que mantém com alguns dos futebolistas, que está, inclusivamente, acima do relacionamento que mantém com o técnico", acusou Scolari.

O brasileiro não poupa  elogios a André Villas-Boas. "Villas-Boas foi um campeão e vai continuar a sê-lo. Precisava de substituir sete ou oito jogadores. Era o que eu devia ter feito, quando lá estive, mas falhei. Vai ser complicado para quem suceder a Villas-Boas", declarou.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)