Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

“Segundo lugar sabe a derrota"

O segundo lugar soube a derrota. É como se o Benfica tivesse empatado, que também é derrota para eles", afirmou ontem Tiago Machado (RadioShack) no final da terceira etapa da Volta ao Algarve, entre Castro Marim e Loulé, ganha pelo australiano Ritchie Porte (Sky).

18 de Fevereiro de 2012 às 01:00
Porte cortou a meta isolado, à frente dos lusos Machado e Costa
Porte cortou a meta isolado, à frente dos lusos Machado e Costa FOTO: Luís Forra/Lusa

Em 3º ficou Rui Costa, bati-do no sprint por Machado. Ambos ficaram a oito segundos de Porte, o novo camisola amare-la da prova.

Os ciclistas tiveram pela frente 194,6 quilómetros duríssimos, com cinco montanhas, incluindo a da chegada, no Alto do Malhão, de 2ª categoria. O ritmo do pelotão foi marcado pela Sky, que conseguiu anular as várias fugas que ocorreram desde o início da tirada. Nos últimos 1500 metros, Tiago Machado e Rui Costa atacaram. Porte respondeu bem e chegou isolado à linha de meta.

Em destaque esteve ainda a Efapel, que lidera as metas volantes, por Raúl Alarcón, e a montanha, por Sérgio Sousa. Hoje corre-se a penúltima etapa, entre Vilamoura (11h00, Marina) e Tavira (16h14, av. dr. Eduardo Mansinho), de 186,3 km.

volta ao algarve tiago machado benfica ritchie porte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)