Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Seguradora só paga se enfarte de Casillas for acidente de trabalho

Companhia vai analisar relatório médico para começar a pagar o salário do jogador.
Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) 3 de Maio de 2019 às 01:30
Iker Casillas partilha fotografia na cama do hospital
Iker Casillas
Iker Casillas ao lado de Maxi Pereira quando o FC Porto se sagrou camepão nacional, na época 2017/2018
Casillas e Sérgio Conceição
Sara e Iker Casillas têm dois filhos em comum: Lucas  e Martín
Iker Casillas partilha fotografia na cama do hospital
Iker Casillas
Iker Casillas ao lado de Maxi Pereira quando o FC Porto se sagrou camepão nacional, na época 2017/2018
Casillas e Sérgio Conceição
Sara e Iker Casillas têm dois filhos em comum: Lucas  e Martín
Iker Casillas partilha fotografia na cama do hospital
Iker Casillas
Iker Casillas ao lado de Maxi Pereira quando o FC Porto se sagrou camepão nacional, na época 2017/2018
Casillas e Sérgio Conceição
Sara e Iker Casillas têm dois filhos em comum: Lucas  e Martín
O FC Porto não tinha, até esta quinta-feira, participado à companhia de seguros a situação de Iker Casillas, o que obriga o clube a suportar o salário do guarda-redes estando de baixa.

Segundo apurou o Correio da Manhã, todos os clubes de futebol têm um seguro obrigatório de Acidentes de Trabalho dos seus atletas, que é acionado em caso de lesões. Este seguro pode ser complementado com um outro - o seguro de Acidentes Pessoais - que reforça a proteção dos jogadores.

A Fidelidade, companhia seguradora do FC Porto, vai analisar com todo o rigor a participação do acidente de Casillas e o relatório médico que o acompanhará, de modo apurar se estamos na presença de um acidente de trabalho.

E, em caso afirmativo, a responsabilidade pelo pagamento do salário, de cerca de dois milhões de euros líquidos por ano, passará para a companhia de seguros.

No entanto, a jurisprudência dos tribunais portugueses não tem considerado o enfarte do miocárdio como um acidente de trabalho, mas antes como uma doença congénita.

Para já, Iker Casillas está a recuperar bem, desconhecendo-se, contudo, quando receberá alta médica. "Está tudo bem, muito bem. Tem estado a ver as notícias e agora quer ver os filhos. Vai ficar mais uns dias, não sei quantos, serão os médicos a dizer. Mas está tudo controlado", garantiu ontem à tarde a mulher, Sara Carbonero, quando o foi visitar.

O seu compatriota Óliver Torres também se deslocou ao hospital, tendo encontrado o colega de equipa com muita força para ultrapassar a situação.

"Felizmente, tudo não passou de um grande susto. Muito obrigado a todas as demonstrações de carinho e preocupação", escreveu Sara Carboneto nas redes sociais, agradecendo desta forma as dezenas de milhares de mensagens de apoio que o seu marido tem recebido.

Futuro incerto
As teorias médicas apontam para diferentes cenários sobre o futuro de Casillas, mas convergem num ponto: ainda é prematuro avançar com conclusões definitivas.

Porque, se é verdade que poderão não ficar sequelas, outra coisa é Casillas poder voltar à baliza.

Todos com Iker
Ainda pouco refeitos do susto, os colegas de Casillas no plantel do FC Porto unem esforços para transmitir força e, ao mesmo tempo, tranquilidade ao guardião espanhol de 37 anos, com desejos de recuperação rápida da lenda do futebol.

"É um companheiro que nos ajuda dentro e fora do campo. Desejamos-lhe toda a força do Mundo. Precisa de descanso e há que respeitar esse limite", referiu Felipe. "Apanhámos um grande susto. A vida é assim, muito frágil. Ele estava a treinar normalmente e sentiu uma dor forte. Só depois ficámos a saber o que se passava. Não pensei que fosse tão grave", frisou.

"Foi um susto para todos nós. O importante é que fique bem. Sempre fomos um grupo unido, agora mais do que nunca", disse Alex Telles, à saída do Olival. "Espero que recupere rápido. Ninguém fica para trás", atirou Soares.

"Estamos todos com o Iker. Foi um susto, mas, agora, já estamos tranquilos", resumiu Diogo Leite.

PORMENORES 
De Messi a Mourinho
A onda de mensagens de apoio a Iker continua imparável. "Um abraço e que recupere rápido", referiu Lionel Messi. "Entrei logo em contacto com o FC Porto. Tivemos divergências, mas agora o relacionamento é bom", sublinhou José Mourinho.

Mundo preocupado
Também a imprensa de todo o Mundo, desportiva e generalista, deu grande destaque à situação clínica do guarda-redes do FC Porto, trazendo o assunto às primeiras páginas.

Vídeos das modalidades
Os plantéis das diversas modalidades do FC Porto fizeram ontem questão de enviar vídeos dirigidos a Casillas, através das redes sociais do clube. O grito foi unânime: "Força, Iker."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)