Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Sequestro para roubar bilhetes

Queremos ver o presidente. Queremos bilhetes”, foi desta forma que dois homens fortemente armados gritaram para os 12 vereadores da Câmara de Saint Denis depois de os terem sequestrado na tentativa de roubar bilhetes para a final da Liga dos Campeões entre o Barcelona e o Arsenal (19h45, RTP 1).
17 de Maio de 2006 às 00:00
Adeptos ingleses  já fazem a festa em Paris... com bilhetes
Adeptos ingleses já fazem a festa em Paris... com bilhetes FOTO: Reuters
O jogo de hoje, que decorre no Stade de France, está a suscitar grande interesse e no mercado negro a venda dos ingressos já ronda os dois mil euros (400 contos na moeda antiga), sendo por isso um alvo apetecível para os meliantes.
No entanto, nunca ninguém pensou que sequestrassem 12 vereadores da câmara para conseguir os bilhetes. “Os assaltantes entraram de rompante na sala com as pistolas em riste e a gritarem que queriam bilhetes para o jogo. Exigiram falar com o presidente, mas ao aperceberem-se que não havia no local ingressos mandaram os reféns sentarem-se debaixo de uma mesa e ficarem quietos, desaparecendo em seguida”, contou Gilles Smadja, um funcionário da edilidade, confirmando que não existiram feridos.
A final está a ferro e fogo. E para incendiar ainda mais o ambiente, um dos auxiliares do árbitro Terje Hauge, Ole Hermann Borg deixou-se fotografar com a camisola do... Barcelona! Arrependido, o assistente desculpou-se: “Foi uma estupidez. Não pensei nas consequências quando me pediram para vestir a camisola. Contudo, não há razões para duvidar da minha imparcialidade”.
Bem mais tranquilos parecem estar os jogadores, com especial destaque para Deco (Barcelona). O luso-brasileiro será uma das figuras da partida, pois poderá somar a sua segunda vitória na Liga dos Campeões, depois de ter ganho com o FC Porto de Mourinho em 2004. O ambiente e o espectáculo estão ao rubro.
Ver comentários