Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Serena Williams conquista a sua oitava maravilha

Serena Williams inspirou-se nas exibições cintilantes de Roger Federer e Fernando González nas meias-finais masculinas para trucidar Maria Sharapova no derradeiro encontro feminino do Open da Austrália –, somando o seu oitavo, e mais improvável, título do Grand Slam, uma vez que ocupa o 81.º lugar no ranking, após uma prolongada sequência de lesões.
28 de Janeiro de 2007 às 00:00
Em apenas 63 minutos, a ex-número um mundial impôs-se por claros 6-1 e 6-2; começou por revelar a sua potência de jogo logo no primeiro ponto e nunca deixou a opositora soltar-se. Para mais, Sharapova esteve desastrada no serviço e um incidente, ocorrido a meio do primeiro set (a russa acertou propositadamente com uma bola na americana), só fez com que Serena ficasse ainda mais determinada em vingar a derrota sofrida na final de Wimbledon em 2004.
“Acho que nasci para jogar ténis. Sou insaciável”, regozijou-se a mais nova das irmãs Williams (Venus, lesionada, acompanhou os acontecimentos pela televisão). A beldade russa, também conhecida pela sua extrema competitividade, aceitou o desaire com fair--play: “Ela é uma grande campeã e sabia que poderia jogar muito bem. O serviço dela é o melhor do ténis feminino”, afirmou, acrescentando que “a derrota ensinou--me algo e só me vai tornar mais forte. Pena é que era o aniversário da minha mãe e não lhe pude oferecer o título”.
Serena pôde fazê-lo. No discurso da vitória, começou por agradecer a Jeová e acabou a soluçar de emoção ao recordar a malograda irmã Yetunde (morta na sequência de um tiroteio entre gangs): “Queria ganhar por ela”. O terceiro triunfo da norte-americana em Melbourne Park (curiosamente, todos ganhos em finais jogadas com o tecto amovível da Rod Laver Arena, cerrado devido às condições meteorológicas) valeu-lhe um cheque de 770 mil euros e permitir-lhe-á saltar para o 14.º posto WTA, ao passo que Sharapova substituirá Hénin no primeiro lugar.
Hoje, é a vez de Federer e González medirem forças na final masculina. Um espectáculo aguardado com grande expectativa.
PERFIL
Serena Williams, irmã de Venus Williams, nasceu a 26 de Setembro de 1981 (25 anos) em Saginaw (Michigan – Estados Unidos). Tem 1,75 m, pesa 61 kg e tornou-se profissional em 1995. Com o triunfo de ontem, passou a amealhar 26 títulos. Oito dos quais Grand Slam (três no Open da Austrália; dois em Wimbledon; dois no Open dos EUA, um em Roland Garros). Depois de ter termina do o ano de 2006 no 95.º lugar do ranking, devido a lesão, entrou em 2007 com o pé direito.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)