Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Sérgio Conceição: "Todo o staff do FC Porto levou com insultos e cuspidelas"

Treinador explica saída antes do Sporting receber troféu da Allianz Cup e condena ação de Diamantino Figueiredo.
29 de Janeiro de 2019 às 16:29
Sérgio Conceição, treinador do FC Porto
Sérgio Conceição, treinador do FC Porto
Sérgio Conceição, treinador do FC Porto
Sérgio Conceição, treinador do FC Porto
Sérgio Conceição, treinador do FC Porto
Sérgio Conceição, treinador do FC Porto
Na antevisão ao jogo com o Belenenses (amanhã, 21h15), Sérgio Conceição voltou à final da Allianz Cup, na qual o FC Porto foi derrotado pelo Sporting, e a polémica depois do encontro com os dragões a não esperarem para que os leões recebessem a taça e o adjunto Diamantino Figueiredo a protagonizar um episódio na bancada com um adepto.

"A opinião que tinha sobre o falatório é o mesmo que tinha: pegam sempre em situações negativas e transformam em casos incríveis do futebol português e isso é que vende. A Taça da Liga é a competição que está cada vez melhor, parabéns ao Proença e às pessoas da Liga que organizam.

Acho que não foi uma arbitragem exemplar, apitava tudo e mais alguma coisa. Foi um excelente trabalho do VAR, esteve muito bem no penálti. Pena é que há um ano na Vila das Aves, o mesmo Bruno Esteves, num lance igual, não assinalou nada. Ainda bem que melhorou e o VAR é bom para o futebol. Não foi uma arbitragem positiva, o jogo quer-se rápido e intenso e foi constantemente interrompido. Sobre a entrega das medalhas, é mau para uma equipa que perde subir uma escadaria onde estão adeptos adversários, é uma situação a rever pela Liga.

Insulto gratuito e cuspidelas já não existem, e todo o staff levou com isso. Ou havia uma zona neutra para recebermos as medalhas ou recebíamos no relvado.

Depois da derrota, levar com insultos, cuspidelas, com todo o tipo de mimos dos adeptos do Sporting... para nós não era fácil ficarmos 5 minutos a levar no relvado com isqueiro e moedas... Se o ato do Diamantino é condenável? É, assumimos essa responsabilidade. É condenável, vamos tratar do assunto internamente. Se há justificação para isso? Não digo que exista, mas houve provocação. Não é normal nele, é uma pessoa tranquila. O FC Porto contratou-me para ter mau perder, para ganhar finais. Estranho era se ficasse contente ao perder. Tenho muito mau perder. Fico mal disposto", afirmou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)