Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

SHAQ E KOBE EM ERUPÇÃO

Está lançado o caos na equipa dos Los Angeles Lakers, com Shaquille O’Neal e Kobe Bryant a trocarem acusações graves entre si.
29 de Outubro de 2003 às 00:00
Se já não bastasse o facto de ser alvo de uma acusação de violação, Kobe Bryant viu agora o seu companheiro de equipa Shaquille O’Neal mostrar-lhe a porta de saída de Los Angeles. Tudo isto aconteceu na véspera do jogo de ontem à noite que marcou o arranque dos Lakers nesta temporada.
Numa entrevista, O’Neal afirmou que os Los Angeles ‘giravam’ à sua volta e que ele era o principal jogador, acusando Kobe Bryant de ser egoísta dentro do campo. Em resposta, Bryant não poupou nas palavras e ripostou: “Se assim é, já era altura de ele mostrar algo pela equipa e não estar sempre a queixar-se de que a bola não lhe chega às mãos, quando existem outros jogadores como Malone e Payton”. “Não pode chegar à equipa gordo e fora de forma, nem exagerar lesões para esconder uma má temporada”, explicou Kobe.
Outro factor que azedou ainda mais as relações entre os dois principais jogadores dos Lakers prende-se com a acusação de violação que Bryant é alvo. De acordo com Kobe, todos os companheiros de equipa lhe ligaram a dar força: “Até Michael Jordan e Tiger Woods me apoiaram. Aquele que se diz líder nem um telefonema, nem uma palavra sobre o assunto”.
No meio disto tudo, Phil Jackson, treinador desta constelação de estrelas, tem-se mantido em silêncio sobre o assunto, preferindo tentar resolver estes problemas dentro de portas e não na praça pública. É num clima de grande tensão que os Lakers começam a sua campanha rumo ao título. Entre as questões que ficaram no ar com mais esta discussão, a possibilidade de Bryant abandonar a equipa continua em aberto. No entanto, o jogador prefere esperar pelo final de temporada.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)