Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Simão certo no onze para dar motivação

A derrota no Bessa por 0-3 parece esquecida. O Benfica chegou ontem a Copenhaga, onde o esperava um sol radioso e uma temperatura bastante agradável, 25º C, e a motivação era muita.
13 de Setembro de 2006 às 00:00
Começou pelo treinador, que ainda assim mandou um recado à ‘tripulação’ por causa da indisciplina no Bessa, e acabou no capitão Simão Sabrosa. O n.º 20, ao que tudo indica, será titular (fará o primeiro jogo pós-mundial) no encontro desta noite, frente ao FC Copenhaga, e ajudará a motivar a equipa. Pelo menos é essa a ideia de Fernando Santos, do jogador e também do balneário.
“Ainda não me sinto a 100%, mas se posso dar motivação, como dizem, sinto-me preparado para ajudar. Queremos um bom resultado e todos juntos vamos tentar dar uma alegria aos adeptos”, disse o capitão, desmentido rumores sobre a sua ausência nas últimas partidas. “Nunca iria entrar em campo sem estar minimamente preparado. É mentira que não quisesse jogar, só não o fiz porque estava lesionado.”
A não concretização da transferência para o Valência também foi, finalmente, abordada: “Antes de partir para o Mundial disse que estava num dos maiores do Mundo e nada mais há a dizer. Sinto-me feliz aqui e tenho contrato até 2010.”
EMPATE É BOM
O treinador Fernando Santos está feliz com o regresso de Simão e admite que ficaria satisfeito com um empate. “Quando uma equipa consegue pontos na 1.ª jornada, e fora, pode ser determinante. No entanto, é verdade que um ponto fora não seria mau. 600 mil euros da vitória? O que é importante é a parte desportiva”, disse o técnico ‘encarnado’, antes de abordar a indisciplina revelada por alguns jogadores do Benfica no jogo frente ao Boavista. “Foi um momento anormal, mas de excepção. Falámos sobre isso e sabemos que não pode voltar a acontecer esse descontrolo emocional. Todos têm a noção exacta de que foi uma excepção, pois a regra nesta casa é a disciplina.”
Por fim, o técnico dos ‘encarnados’ falou sobre o regresso do capitão às opções. Santos não deu Simão como certo no onze, mas o sorriso não enganava. “Se está aqui é porque pode jogar. Além disso, o balneário acredita no capitão e isso dá-lhes motivação.”
PETIT CASTIGADO COM TRÊS JOGOS
Petit foi castigado com três jogos de suspensão pela Comissão Disciplinar da Liga, que ainda puniu Nuno Gomes (dois jogos) e Manú (uma partida) na sequência das expulsões ocorridas no jogo Boavista-Benfica. Era sobre o castigo a aplicar a Petit que se geravam maiores expectativas. O médio incorria numa pena de um a quatro jogos devido à atitude hostil e desrespeitadora para com o árbitro João Ferreira e ficou a apenas uma partida da penalidade máxima, pelo que é de admitir que o juiz de Setúbal não tenha contemporizado no seu relatório. Petit, que fica ainda intimado a pagar uma multa de 1900 euros, vai falhar os três próximos jogos do Benfica, a saber: Nacional (casa), Paços de Ferreira (fora) e Aves (casa). O Benfica vai agora recorrer do castigo aplicado ao médio, alegando que Petit está arrependido e que a sua reacção foi instintiva e não premeditada. O caso de Nuno Gomes também está a ser analisado e a hipótese de recurso está em cima da mesa.
APONTAMENTOS
PRÉMIOS PARA ATLETAS
Dinheiro não falta no FC Copenhaga. Os prémios que a UEFA dá por cada vitória ou empate (600 mil euros e 325 mil respectivamente) vão direitinho para os bolsos dos jogadores. “Se não fossem eles também não estaríamos aqui. E por isso, é justo que eles tenham direito a parte dos prémios. O FC Copenhaga fica com o dinheiro dos jogos, da TV e da participação e depois acordámos que o resto é a dividir por todos os convocados”, revelou ao CM o director-executivo do Copenhaga, Jasper Grungjossen.
NEM UM LUGAR LIVRE
Os adeptos do FC Copenhaga andam entusiasmadíssimos com a ‘Champions’. A lotação para os três jogos (Benfica, Celtic e Man. United) esgotou em hora e meia e até houve gente a dormir junto às bilheteiras para garantir bilhete.
'BENFICA VAI SER PRIMEIROS NESTE GRUPO' (Manniche não esquece o sabor do peixe português)
Correio da Manhã – Tem saudades de Portugal e do Benfica?
Manniche – Claro. A comida era óptima. Portugal tem o melhor peixe do Mundo. E o Benfica é um clube especial. Ganhei dois campeonatos e três Taças em quatro anos. Não foi mau.
– Que faz agora?
Estou a trabalhar no futebol juvenil do FC Copenhaga.
– Este jogo é especial?
– Sem dúvida, muito especial para mim, pois joguei pelas duas equipas. Continuo a gostar do Benfica, mas neste jogo, que me desculpem, sou pelo FC Copenhaga. Nos encontros do Benfica com o Celtic e depois com o Manchester United volto a vestir a camisola encarnada.
– Quem vai ganhar hoje?
– Não sei. Um ponto não será mau para nós. O Benfica tem experiência e nós estamos a chegar agora a este nível.
– Quais são os pontos fortes do FC Copenhaga?
– As bolas paradas e o jogo aéreo. Mas tecnicamente, o Benfica leva grande vantagem.
– Quem são os favoritos neste grupo?
– O Benfica vai ser o primeiro neste grupo e apura-se com o Man. United. O Celtic fica em último, nós podemos ficar em terceiro e ir à Taça UEFA.
– Conhece o Maniche, que ‘herdou’ o seu nome?
– Conheço. Nunca falei com ele, mas sei perfeitamente quem é. O que acho disso? Acho interessante. É uma brincadeira, mas acaba por ser um marco da minha passagem por Portugal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)