Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Soler treina Beira-Mar

Surpresa em Aveiro. O espanhol Francisco Soler é desde ontem o novo técnico do Beira-Mar. Em ritmo acelerado, dirigentes e os responsáveis da empresa espanhola Inverfutbol trataram de tudo e Carlos Carvalhal foi apanhado na avalancha culminada com a rescisão ao final do jogo da Taça de Portugal com o Santana.
9 de Janeiro de 2007 às 00:00
Técnico Francisco Soler chega a Portugal indicado por empresa espanhola e manda Carlos Carvalhal para o desemprego
Técnico Francisco Soler chega a Portugal indicado por empresa espanhola e manda Carlos Carvalhal para o desemprego FOTO: Eclipsolhar
A empresa, pertencente ao grupo Cursach e liderada pelo magnata de divertimentos nocturnos, Bartolome Cursach, apresta-se a financiar os aveirenses, utilizando para o efeito o intercâmbio de jogadores.
Ao longo da semana passada, muito se especulou sobre este tema ao que os responsáveis do Beira-Mar responderam com um profundo silêncio. Basicamente foi a solução encontrada face ao enorme défice do emblema aveirense, cuja ruptura financeira há muito está sentenciada. Francisco Soler, de 37 anos, antigo jogador do Maiorca, que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1992 em Barcelona, assume a partir de hoje a liderança técnica do Beira-Mar. Desempenhou funções de treinador na estrutura do governo regional das Baleares e indicará pelo menos três reforços para a equipa aveirense. Francisco Soler deverá ser apresentado oficialmente hoje após o treino.
DÚVIDAS E INTERROGAÇÕES
Esta transformação do Beira-Mar suscitou já várias reacções. Silva Vieira, tutor do projecto profissional nos anos 80, mostra-se céptico em relação ao futuro do Beira-Mar. “Quando eu quis promover uma SAD todos se viraram contra mim. Não percebo agora este investimento espanhol, porque de facto trata-se de uma parceria que pode ser nefasta para o clube. Será que no nosso país não há investidores?”, atira Silva Vieira.
Mais contundente foi Mano Nunes que de forma bem explícita disse tratar-se de um “desastre” e de uma “completa loucura” face ao momento complicado da classificação.
’CHICOTADAS’ Liga 2006/2007
Ainda a primeira volta da Liga de Futebol não chegou a meio e já houve dez mudança de comando técnico. A razão das ‘chicotadas’, contudo, não se esgota agora na falta de resultados positivos. Há outras razões mais profundas, como é o caso da saída da Carlos Carvalhal, que será substituído por um técnico que não tem a mínima ideia da realidade futebolística portuguesa. As mudanças, de resto, começaram ainda antes do arranque do campeonato, com a saída de Co Adriaanse do FC Porto. Depois... foi sempre a trocar.
PRÉ-TEMPORADA
FC Porto
- Co Adriaanse sai, entra Jesualdo Ferreira
Boavista
- Jesualdo Ferreira sai, entra Zeljko Petrovic
2.º JORNADA
V. Setúbal
- Hélio Rosa sai, entra António Conceição
7.º JORNADA
Boavista
- Sai Zeljko Petrovic, entra Jaime Pacheco
9.º JORNADA
Beira-mar
- Augusto Inácio sai, entra Carlos Carvalhal
SP. Braga
- Carlos Carvalhal sai, entra Rogério Gonçalves
13.º JORNADA
V. Setúbal
- António Conceição sai, entra Carlos Cardoso (treinador interino)
14.º JORNADA
Beira-mar
- Carlos Carvalhal sai, entra Francisco Soler
Ver comentários