Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Somos melhores

Ricardo Carvalho continua confiante nas aspirações do Chelsea quanto à revalidação do título inglês. O internacional português afirmou ao jornal britânico ‘Daily Mirror’ que os ‘blues’ de José Mourinho são “a melhor equipa de Inglaterra”. “O Manchester United é consistente e tem tido bons resultados, mas temos o melhor conjunto”, considera o defesa luso.
29 de Dezembro de 2006 às 00:00
Defesa português espera voltar a ser campeão em Inglaterra
Defesa português espera voltar a ser campeão em Inglaterra FOTO: Phil Noble / Reuters
As declarações de Ricardo Carvalho surgem num período em que o Chelsea se deixou atrasar na perseguição ao líder Manchester, de Cristiano Ronaldo e Carlos Queiroz. Com o empate frente ao Reading, a equipa londrina ficou a quatro pontos do United, que venceu o Wigan por 3-0, com mais dois golos de Ronaldo.
A liderança dos ‘red devils’ é, segundo Carvalho, um desejo da maioria. “Todo o país quer que o Manchester vença o campeonato”, afirma o central. Para Ricardo Carvalho, este não é um sentimento novo, referindo-se à passagem pelo Porto quando este era orientado pelo futuro ‘Special One’. “Há semelhanças na forma como as pessoas olham para o Chelsea e contra o que tivemos de lutar quando estava com ‘Jose’ no Porto”.
O clube londrino debate-se ainda com as ausências do guarda-redes Petr Cech e do defesa John Terry, ambos fora da equipa por lesão. O central inglês foi ontem operado à lesão nas costas. Os ‘blues’ sofreram seis golos nos últimos três jogos, o que levou o treinador português a considerar que, se tivesse os jogadores lesionados disponíveis, este “seria um outro Chelsea”.
O treinador disse à Imprensa que já chegou a ponderar a utilização do avançado Didier Drogba, melhor marcador da liga inglesa, na defesa. “O Didier está em grande forma e, se tivesse outros atacantes a se exibirem ao mesmo nível, até o colocava a defesa-central”, disse Mourinho, para quem o rendimento de Andriy Shevchenko continua abaixo das expectativas.
Para suprir as dificuldades defensivas, foi ontem avançada a aquisição pelos ‘blues’ do defesa Micah Richards, de apenas 18 anos. O jogador do Manchester City, que tanto pode jogar a central como a lateral-direito, terá mudado de equipa por cerca de 28 milhões de euros.
O Chelsea recebe amanhã o Fulham, de Luís Boa Morte, enquanto o Manchester acolhe o Reading.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)