Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

“Sou apenas um empregado”

"É possível que no final da temporada o Real não esteja contente com o meu trabalho e pense que há coisas a melhorar. O clube é soberano, sou apenas um empregado como os outros e faço o meu melhor", disse ontem José Mourinho na sequência da derrota sofrida com o Bétis (1-0, ficando a 11 pontos do rival Barcelona) e na antevisão do jogo de hoje (20h30) da segunda mão da Taça do Rei com o modesto Alcoyano (4-1 na 1ª mão).
27 de Novembro de 2012 às 01:00
Mourinho vai lançar quatro jovens no jogo de hoje
Mourinho vai lançar quatro jovens no jogo de hoje FOTO: Andrea Comas/Reuters

O técnico português do Real Madrid, com a frontalidade que se lhe reconhece, delega no clube a sua continuidade ou não. "No final da temporada, vamos estar tranquilos e ver se o clube está contente. O clube é que tem de ver se há coisas a melhorar ou não. Estou aqui e dou o máximo, como sempre."

Mourinho revelou que tem uma relação "muito boa" com o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, mas admitiu que tem havido alguma fricção entre eles. "É normal que haja divergências a nível profissional. Eu saí do Chelsea e continuo a manter uma óptima relação com o presidente Abramovich e outras pessoas do clube. Isso faz parte da vida", disse.

Sobre o jogo de hoje no Bernabéu, dos 16-avos-de-final da Taça do Rei com o Alcoyano, Mourinho admitiu que vai lançar quatro atletas da equipa B: "Peço aos adeptos que tenham carinho por Morata, Rodríguez, Nacho e Cherychev."

JOÉ MOURINHO REAL MADRID ESPANHA TREINADOR DERROTA LIGA FUTEBOL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)