Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

SP. BRAGA CAI NA FIGUEIRA

O Sp. Braga foi ontem eliminado da Taça de Portugal ao perder por 8-7 no desempate por grandes penalidades frente à Naval 1.º Maio da II Liga, após um empate a zero no prolongamento. Numa jornada ‘cheia’ de surpresas, os bracarenses foram mais uma vítima dos ‘pequenos’.
19 de Dezembro de 2002 às 00:28
A equipa da Figueira da Foz, orientada por Álvaro Magalhães, não conhece o sabor da derrota há 10 jogos, e ontem acabou por ser mais feliz, vencendo por 8-7 uma partida muito disputada e com alguns momentos de bom futebol.

A formação da casa entrou melhor e dispôs logo de duas oportunidades para inaugurar o marcador: aos dois minutos, Bruno Novo tentou o "chapéu" a Quim, mas a bola saiu por cima, e aos 11 Wesnalton rematou forte à barra. Na primeira metade, o Braga só por uma vez levou perigo à baliza de Tó Ferreira, com Zé Roberto a cabecear às malhas laterais. No segundo tempo, o treinador do Braga mexeu na equipa e os bracarenses surgiram com outra atitude.

Assistiram-se então a alguns momentos de bom futebol, mas aos 76 minutos, Odair foi expulso e a Naval mostrou-se mais afoita no ataque. Ainda assim, no final dos 90 minutos registou-se um empate a zero, que se manteve no prolongamento. Na lotaria das grandes penalidades, a Naval foi mais feliz e venceu por 8-7. O guarda-redes Quim falhou a conversão do seu penálti, aproveitando Mesquita para dar a vitória aos da casa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)