Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Sp. Braga trava no estádio dos Barreiros

Zainadine foi decisivo. Minhotos não perdiam há três meses.
João Pedro Óca 12 de Dezembro de 2017 às 08:50
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Marítimo bateu Sporting de Braga na Madeira
Nos Barreiros, manda o Marítimo. Os insulares venceram o Sp. Braga por 1-0 e aumentaram para 23 o número de jogos seguidos sem perder em casa. Mas mais importante que isso, colocaram-se a um ponto dos minhotos, no 5º lugar.

Uma vitória suada e envolta em polémica. É que no último lance do jogo, o árbitro Rui Costa já se preparava para o apito final, de costas para o jogo, e não viu um penálti de Ibson sobre Fábio Martins. Os minhotos protestaram, o treinador Abel entrou em campo a correr, mas a decisão manteve-se.

Os verde-rubros interromperam uma série de três meses do Sp. Braga sem perder na Liga alcançaram o objetivo com um espírito enorme. Lutaram contra um Sp. Braga mais forte e perigoso na 1ª parte, chegaram ao golo da vitória nos instantes iniciais na 2ª e mantiveram-se bem firmes até ao final.

O momento do jogo é inevitavelmente o do golo de Zainadine. Edgar Costa cobrou de forma exímia um livre, direcionando a bola direitinha para a cabeça do defesa que bateu Matheus. Pode discutir-se a justiça da vantagem do Marítimo, sobretudo pelo domínio dos minhotos em largos minutos da 1ª parte, mas naquela altura o Sp. Braga já não estava tão ‘mandão’.

Ainda assim, os minhotos podem lamentar a falta de eficácia. Aos 33’, Esgaio só tinha de encostar para a baliza e atirou por cima e aos 37’ Fábio Martins viu Pacheco e Charles negarem-lhe o 1-0.
Ibson Barreiros Marítimo Rui Costa Sp. Braga Abel Fábio Martins Pacheco Zainadine Liga Esgaio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)