Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Sporting não chega a acordo com árbitros

O Sporting, representado por Godinho Lopes, esteve ontem reunido com Luís Guilherme, da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) e Fernando Gomes, presidente da Liga, mas do encontro não saiu qualquer entendimento entre os leões e os árbitros.
24 de Agosto de 2011 às 00:30
Godinho Lopes é o presidente do Sporting
Godinho Lopes é o presidente do Sporting FOTO: Paulo Calado/Record

 

As partes apresentaram os seus argumentos sob a mediação de Fernando Gomes, durante cerca de quatro horas, em Lisboa, mas não houve ainda acordo e, pelo que o Correio da Manhã apurou, nem ficaram previstos novos encontros, apesar da vontade de Fernando Gomes resolver o impasse. O presidente da Liga saiu desiludido e apreensivo da reunião, revelou fonte próxima do processo.

Por agora, a maior parte dos árbitros das Ligas Profissionais mantém a intenção de não apitar jogos da equipa de Alvalade, por entenderem que a SAD leonina atingiu a honra e a dignidade do juiz João Ferreira, nomeado para o último Beira Mar--Sporting.

Os leões sentem-se discriminados pelos árbitros e não vêem motivos para o boicote, pois, segundo o Correio da Manhã apurou, os dirigentes leoninos entendem que se limitaram a constatar factos (erros de Xistra no Sporting-Olhanense, 1-1) e que nunca puseram em causa a idoneidade e a honra do juiz João Ferreira, que se sentiu atingido por ter sido posta em causa a sua escolha para o jogo.

Hoje, serão conhecidas as nomeações de Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da Liga, para os jogos dos campeonatos profissionais, mas o Correio da Manhã sabe que há árbitros disponíveis para dirigir o encontro Sporting--Marítimo (no domingo).

O Sporting não vai recuar em relação aos árbitros (fonte diz que Godinho está irredutível), mantendo a posição de apontar os erros de arbitragem quando estes acontecerem.

ÁRBITROS DIVIDIDOS

Na sequência da escusa de João Ferreira ao Beira-Mar--Sporting, os árbitros da 1ª categoria reuniram-se em Leiria na segunda-feira. O encontro dividiu a classe, com alguns juízes a quererem manter o boicote, e outros, casos de Pedro Proença e Duarte Gomes, segundo a TSF, a mostrarem disponibilidade para apitar o próximo jogo do Sporting, frente ao Marítimo.

JOÃO FERREIRA ARRISCA 8 JOGOS DE SUSPENSÃO

A Comissão Disciplinar da Liga (CD) decidiu abrir um inquérito para apurar se há matéria para instaurar processos disciplinares ao árbitro João Ferreira e ao Sporting. A CD vai analisar o pedido de escusa de João Ferreira de arbitrar o jogo Beira-Mar- -Sporting, da 2ª jornada da Liga. Em caso de processo o árbitro pode ser punido com uma pena de suspensão de um a oito jogos, ao abrigo do artigo 158º do Regulamento Disciplinar, sobre incumprimento das nomeações ou a sua troca não autorizada. As declarações de Godinho Lopes após a renúncia de João Ferreira – "só os incompetentes se sentem pressionados" – também vão ser analisadas.

PEDRO BALTAZAR: "SEM CONDIÇÕES PARA CONTINUAR"

O ex-candidato à presidência do Sporting, Pedro Baltazar, teceu ontem duras críticas ao presidente da Comissão Disciplinar da Liga, Vítor Pereira.

"Depois da demonstração que deu de falta de liderança na classe que representa, a juntar à má gestão que faz das suas intervenções e das nomeações, de que é exemplo flagrante a escolha de João Ferreira para apitar o Beira-Mar-Sporting, não tem mais condições para continuar à frente da comissão de arbitragem da Liga", sublinhou, mostrando-se solidário com a tomada de posição pública do Sporting, que considerou ter acontecido no ‘timing’ certo.

VÍTOR PEREIRA NÃO SE DEMITE DO CARGO

"Não vejo razões para me demitir. Fui eleito pelos 32 clubes profissionais, tenho a confiança dos clubes e de Fernando Gomes [presidente da Liga", disse Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da Liga em declarações à TVI, acrescentando: "A minha saída não iria resolver os problemas".

O dirigente assumiu: "A minha postura à frente da arbitragem é incómoda", admitindo ainda que os árbitros por vezes "interferem nos resultados."

Vítor Pereira explicou ainda a escusa de João Ferreira em apitar o Beira-Mar-Sporting. "Por força de o Sporting ter contestado a nomeação, ele não se sentia disponível", explicou, para admitir que o juiz de Setúbal "criou um problema e gerou esta confusão".

Vítor Pereira explicou que "os árbitros disponíveis contactados recusaram em solidariedade com João Ferreira a apitar o jogo Beira-Mar-Sporting" e que em todo o processo houve "várias precipitações", considerando que o problema poderia ter sido resolvido de uma forma diferente.

DEVER DE IR AOS JOGOS DA LIGA

"Os árbitros têm o dever de ir aos jogos da Liga. É o que vem nos regulamentos", esclareceu Vítor Pereira. Sobre um castigo a João Ferreira, não se pronunciou. 

ESCUSA EXPLICADA ATRAVÉS DE E-MAIL

"Tive conhecimento prévio da escusa de João Ferreira, através de um telefonema. A escusa foi explicada por e-mail", disse Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem.

RODRIGUEZ SEM LESÃO MUSCULAR

Rodriguez fez uma ressonância magnética, que não detectou qualquer lesão muscular na coxa esquerda. Deve ser opção para o jogo com o Nordsjaellend.

SIMON VUKCEVIC ASSINA PELO BLACKBURN

Simon Vukcevic, de 25 anos, assinou ontem pelo Blackburn, por três temporadas. O valor da transferência não foi anunciado, mas segundo a imprensa inglesa os Rovers terão pago 2,3 milhões de euros ao Sporting.

Steve Kean, técnico da equipa britânica, mostrou-se entusiasmado. "É um jogador excitante que tanto actua na direita como na esquerda. É muito focado, leva o futebol muito a sério. Gosta de puxar pelos adeptos e de ser o jogador que faz a diferença", frisou. E acrescentou: "Deve voltar amanhã [hoje] para Inglaterra e trazer já a papelada necessária [para a licença de trabalho]. Se treinar 5ª e 6. feira, pode jogar com o Everton".

SPORTING ARBITRAGEM ÁRBITROS GODINHO LOPES FERNANDO GOMES LUÍS GUILHERME JOÃO FERREIRA VÍTOR PEREIRA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)