Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Sporting procura clone de Bas Dost

Objetivo é ter um plano B em caso de uma lesão afastar o goleador holandês. Keizer pretende ainda um lateral-esquerdo e um médio.
Mário Figueiredo 8 de Dezembro de 2018 às 01:53
Bas Dost ao serviço do Sporting
Bas Dost ao serviço do Sporting
Bas Dost ao serviço do Sporting
Bas Dost ao serviço do Sporting
Bas Dost ao serviço do Sporting
Bas Dost ao serviço do Sporting
Bas Dost ao serviço do Sporting
Bas Dost ao serviço do Sporting
Bas Dost ao serviço do Sporting

O Sporting está no mercado à procura de um jogador à imagem de Bas Dost de forma a precaver qualquer lesão do holandês, apurou o Correio da Manhã.

O goleador holandês tem um papel fundamental na equipa como o demonstram os 79 golos em 100 jogos. Toda a estratégia da equipa gira em torno de Bas Dost. Boa circulação e cruzamentos para a área onde o gigante (1,96 m) faz a diferença. Marcel Keizer já percebeu que a equipa sem ele não é a mesma coisa. Não há mais nenhum jogador do plantel que possa fazer essa posição como o holandês. Castaignos está de saída e Montero tem características muito diferentes.

Assim para precaver qualquer ausência por lesão de Bas Dost ou até para substituir o holandês em alguns jogos, devido à elevada carga de partidas, os leões procuram um clone do holandês de forma a manter o mesmo sistema de jogo, sem alterar as rotinas da equipa.

A lesão de Bas Dost está mesmo na origem dos resultados menos conseguimos que levaram ao despedimento do técnico José Peseiro.

Certo é que os leões não estão na corrida pela contratação de Luiz Phellype, avançado de 25 anos do P. Ferreira, como revelou ao CM fonte do Sporting.

Os responsáveis leoninos, contudo, pretendem contratar em janeiro um defesa lateral- -esquerdo e um médio de transição. Na porta de saída estão o guarda-redes Emiliano Viviano, os médios Misic, Petrovic e Bruno César, e o avançado Luc Castaignos.

"Sporting em lua de mel"

"O Sporting está neste momento com tranquilidade. Tem estabilidade e, passada aquela fase conturbada, está a viver uma segunda lua de mel", disse ontem José Mota, treinador do Desp. Aves, na antevisão do encontro de amanhã (20h00) com os leões, em Alvalade.

O técnico assume que o objetivo neste encontro passa pela vitória, apesar do bom momento do adversário: "Há ciclos positivos, mas estes ciclos também servem para serem quebrados. Teremos de ser uma equipa desinibida, saber defender e atacar, reagir rapidamente à perda de bola e ser eficazes. Teremos de ser uma equipa compacta a atacar e a defender, para vencermos."




Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)