Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

SPORTING: REESTRUTURAÇÃO EM MARCHA

A menos de um mês das eleições antecipadas no Sporting, agendadas para o próximo dia 12 de Julho, Dias da Cunha prepara já as alterações que pretende colocar em marcha no seu próximo mandato.
12 de Junho de 2002 às 23:20
Dias da Cunha prepara reeleição no clube até 2006
Dias da Cunha prepara reeleição no clube até 2006
Depois de todos os órgãos sociais terem renunciado aos seus cargos através de carta – só com este cenário Miguel Galvão Teles poderia marcar eleições – são esperadas algumas novidades em Alvalade, que passam essencialmente pelo afastamento de personalidades como Couto dos Santos, membro da Direcção, Faria de Oliveira, presidente do Conselho Fiscal, e Luís Duque, vice-presidente do Conselho Directivo e membro do ConselhoLeonino.


Aliás, Couto dos Santos já anteriormente havia apresentado a sua demissão, mesmo antes da final da Taça de Portugal, consumando-se agora uma pretensão que vai de encontro aos desejos de Dias da Cunha, o mesmo acontecendo relativamente a Faria de Oliveira.
Refira-se que antes das eleições legislativas, a 16 de Março, tanto Faria de Oliveira como Couto dos Santos, membros do PSD, entraram em ruptura com Dias da Cunha, chegando mesmo a Imprensa a dar à estampa algumas cartas cujo teor visava essencialmente criticar o líder directivo dos “leões”, por um alegado envolvimento político com o PS. Isto ainda com o “caso PSD/Manuel Vilarinho” a agitar a vida política e desportiva.

SAD intocável

Também Luís Duque, hoje deputado do CDS/PP e que em tempos não muito longínquos presidiu à SAD do Sporting, está de saída, ele que também esteve em “guerra aberta” com Dias da Cunha.


Neste momento, a principal alteração é a subida de Ernesto Ferreira da Silva à presidência do Conselho Fiscal, uma medida lógica, uma vez que o dirigente desempenhava as funções de vice-presidente daquele órgão. Aliás, nos últimos tempos assumiu mesmo a tutela fiscalizadora, inclusivamente liderou o empréstimo obrigacionista que a SAD realizou, numa operação de sucesso com um encaixe de 12 milhões de euros.


Intocável e inatacável será a actual estrutura da SAD leonina. O trabalho desenvolvido pela equipa liderada por Miguel Ribeiro Telles marcou profundamente o último ano do Sporting e tem merecido os mais rasgados elogios do presidente Dias da Cunha, que prepara já, ainda que sem alterações profundas, a sua reeleição, ficando à frente dos destinos do clube até 2006.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)