Sub-categorias

Notícia

Subornos entregues em envelopes do Sporting

Dinheiro para pagar árbitros e atletas seguia em envelopes com o logótipo do clube.
Por Tânia Laranjo e Henrique Machado|17.05.18
Trezentos e cinquenta euros para Paulo Silva, 150 euros para João Gonçalves. As conversas não deixam dúvidas de qual era a comissão recebida pelo denunciante do esquema, e a apreensão de um depósito bancário em casa de Paulo Silva confirma também que João recebia 150 euros.

Os preços para os corruptores ativos são variados. No andebol, Paulo Silva falou em pagamentos entre 1500 e 2000 euros, mas os montantes aumentavam quando se falava de futebol. Aí, os jogadores das equipas adversárias recebiam entre os três e os dez mil euros, dependendo da equipa que estava em causa. Os intermediários recebiam o mesmo - 500 euros, a dividir por ambos.

O CM sabe que as autoridades apreenderam também na posse de Paulo Silva vários envelopes do Sporting, com o símbolo do clube, que o próprio garantiu terem-lhe sido entregues por João Gonçalves.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!