Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Super Dragões atacam Benfica

A Casa do Benfica da Trofa foi atacada e vandalizada anteontem, no final do jogo Trofense-FC Porto, por adeptos da claque portista Super Dragões, que até deixaram a assinatura nas paredes da sede benfiquista. "Benfica é m...", escreveram.
18 de Maio de 2009 às 00:30
Partiram os vidros, arrombaram a porta e escreveram frases insultuosas nas paredes da sede benfiquista
Partiram os vidros, arrombaram a porta e escreveram frases insultuosas nas paredes da sede benfiquista FOTO: Rui Oliveira

"Foi depois do jogo. Eram cerca de vinte homens, todos vestidos com camisolas do Porto e cachecóis. Arrombaram a porta, entraram, partiram tudo o que puderam e fugiram", contou ao CM uma testemunha. "Foi tudo muito rápido. Quando a GNR chegou, já iam longe", acrescentou uma outra testemunha. Na Casa do Benfica da Trofa, que fica junto ao estádio do Trofense, havia ontem ainda sinais de vandalismo. Os símbolos do clube da Luz estavam rasurados.

Na GNR da Trofa, a ocorrência foi registada, mas até ao final do dia de ontem não tinha sido apresentada a queixa. Não foram identificados quaisquer suspeitos.

As autoridades foram chamadas ao local pelos responsáveis da Casa do Benfica, que terão sido alertadas por várias pessoas que passavam na zona e que presenciaram os factos. Ainda assim, as testemunhas também não se identificaram às autoridades.

Refira-se que há duas semanas adeptos portistas assaltaram, duas vezes seguidas, a loja de Cristiano Ronaldo no Funchal, quando o clube foi jogar com o Marítimo. Roubaram vários artigos da loja gerida por Elma Aveiro, irmã de Cristiano.

Através das imagens das câmaras de vigilância, a PSP da Madeira identificou três elementos da claque portista. O material roubado foi recuperado no quarto de hotel alugado pelos suspeitos.

JOSÉ QUER BRUNO ALVES

Bruno Alves é o eleito de José Mourinho para reforçar a defesa do Inter de Milão. O técnico já identificou as principais carências da equipa e o lugar de central é uma das suas maiores preocupações. "Imagino o futuro do Inter com os jogadores mais importantes deste plantel e mais quatro aquisições para equilibrar a equipa: um avançado, dois médios e um central", afirmou ‘Il Speciale’, que se sagrou campeão de Itália no sábado. A veterania de Cordoba (32) e Materazzi (35 anos) leva José Mourinho a pensar numa alternativa de futuro, mas competitiva e experiente para atacar o ‘penta’ e a Champions em 2010 – e a solução é Bruno Alves (27 anos). O interesse não é novo, mas com o final da época o negócio poderá avançar numa base mínima de 25 milhões de euros, apesar da cláusula de rescisão de 30 milhões.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)