Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Super Maxi quebra jejum

Dois golos surgidos na sequência de lances de bola parada deram ontem ao Portimonense o primeiro triunfo na Liga Vitalis (2-1). A equipa alvinegra não ganhava no campeonato desde 29 de Abril, havia mais de sete meses, e o argentino Maxi Bevacqua cotou-se como a figura da tarde – saiu do banco quando o Olhanense estava em vantagem e consumou a reviravolta.
3 de Dezembro de 2007 às 00:00
O Portimonense estreou-se a ganhar e o Olhanense a perder fora
O Portimonense estreou-se a ganhar e o Olhanense a perder fora FOTO: Nuno Eugénio
A turma de Olhão sofreu a primeira derrota da temporada longe do seu reduto – não perdia fora de portas desde 22 de Abril – e pode apenas queixar-se de si própria, face às desatenções registadas em dois pontapés de canto. No primeiro, Maxi Bevacqua surgiu a cabecear à vontade no meio da área e no segundo Gonzalo enviou a bola à barra, também de cabeça, e Maxi fez a recarga vitoriosa.
A primeira parte o jogo teve poucos motivos de interesse e não se registou um único remate enquadrado com as balizas.
A melhor oportunidade de golo pertenceu ao Olhanense: Toy, lançado por Djalmir, passou pelo guarda-redes do Portimonense mas chutou para fora.
O segundo tempo foi mais animado. O primeiro remate na direcção de uma baliza surgiu aos 57 minutos (Rui Ferreira, frouxo e à figura de Paulo Ribeiro). Na resposta, o Olhanense, numa jogada em tudo idêntica à da primeira parte, desta vez com Toy, não perdoou.
A perder, o Portimonense alargou a frente de ataque. Gonzalo cabeceou com perigo ao lado e, já nos minutos finais, surgiram os dois golos que deram a primeira vitória da época aos locais.
VIZELA E RIO AVE SÃO OS LÍDERES
O Rio Ave, orientado pelo técnico João Eusébio (na foto), sofreu ontem para empatar (1-1) no seu terreno com o Trofense e viu o Vizela juntar-se à posição de líder: ambas as equipas somam 28 pontos. Os vizelenses derrotaram em casa o Desportivo das Aves por 2-0, assumindo o comando da Liga de Honra. Com o ponto arrancado em Vila do Conde, o Trofense subiu do quarto para o terceiro posto (vinte pontos), ajudado pela derrota por 3-1 do Santa Clara frente ao Varzim, na Póvoa.
Com o triunfo (1-0) em casa, o Gil Vicente alcançou o quarto lugar também com vinte pontos. Já o Penafiel, penúltimo, surpreendeu o Fátima, arrancando uma vitória forasteira 3-0 e manteve os mesmos oito pontos que o último classificado, o Portimonense.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)