Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

TAÇA: ACADÉMICA NOS QUARTOS-DE-FINAL

A Académica continua na senda dos bons resultados. Desde a chegada de Artur Jorge ao comando técnico, os "estudantes" ainda não perderam. Esta tarde venceram o Desportivo de Chaves, por 3-1, em jogo referente aos oitavos-de-final da Taça de Portugal.
29 de Janeiro de 2003 às 17:17
Numa partida que nem sempre foi bem jogada, devido ao terreno escorregadio e ao intenso vento que se fez sentir, a "Briosa" foi sempre a equipa mais forte durante os 90 minutos, e que dispôs das melhores ocasiões de golo.

O médio Fredy foi uma das figuras do jogo ao apontar dois golos. O primeiro tento foi apontado logo aos 16 minutos num remate potente sem hipóteses para o guardião flaviense, Riça.

O segundo golo de Fredy foi marcado no segundo tempo aos 59 minutos depois de um mau alívio do guarda-redes do Chaves.

O último golo da Académica foi apontado pelo avançado Dário, depois de uma extraordinária jogada do médio Marinescu. Este jogo marcou a estreia o médio Carlos Martins, recentemente emprestado pelo Sporting, ao serviço da "Briosa".

O Desportivo de Chaves ainda conseguiu alcançar o tento de honra ao cair do pano, por intermédio de Isidro (90m).

No final do jogo o técnico da Académica, Artur Jorge falou de um "mau jogo de futebol" contra uma equipa difícil. Por seu lado, Horácio Gonçalves, treinador do Chaves, considerou a vitória da "Briosa" justa mas considerou os números de "elevados".
Ver comentários