Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

"Tão importante ou mais que a Taça da Liga é 3º lugar"

O treinador do Sporting de Braga reforçou nesta quinta-feira que tão ou mais importante que a conquista da Taça da Liga de futebol é terminar o campeonato em terceiro lugar, que dá acesso ao ‘play-off’ da Liga dos Campeões.

 

 

18 de Abril de 2013 às 16:29

Os minhotos venceram a Taça da Liga no sábado, diante do FC Porto (1-0), mas na Liga seguem em quarto lugar, depois das duas derrotas consecutivas, em casa com o Sporting e fora com os "dragões".

O presidente "arsenalista", António Salvador, lembrou no próprio dia da conquista do troféu que os jogadores devem agora concentrar-se no campeonato para alcançar o terceiro posto, discurso que José Peseiro vê mais como um incentivo do que como uma pressão.

"Diz isso o presidente, digo eu, dizem os jogadores, dizemos todos. Há algum tempo que dizemos que cada jogo é uma final. É uma responsabilidade nossa e um dado objetivo: para conquistar o terceiro lugar temos que ter uma eficácia muito grande e esperar que o Paços de Ferreira escorregue", disse.

José Peseiro não quis perspetivar a hipótese de não terminar em terceiro lugar e se isso seria uma frustração para si, apesar da conquista da Taça da Liga.

"As avaliações fazem-se no final das épocas, mas também já disse que tão importante ou mais [que a Taça da Liga] é a conquista do terceiro lugar", salientou.

Com o campeonato a aproximar-se do fim, o técnico não quis esclarecer qual o seu futuro, nem sequer para dizer que tem mais um ano de contrato com os bracarenses.

"O futuro é treinar daqui a pouco, preparar o jogo e irmos para estágio. A médio prazo? Sobre esse futuro não se fala, não vou dispersar a minha atenção, o meu foco, nem o dos meus jogadores, sobre o que é essencial neste momento, que é vencer a Académica. Tal como não admito que os meus jogadores pensem noutro futuro a não ser este", frisou.

O treinador recusou ainda comentar "jogadores que possam vir", nomeadamente o avançado colombiano Felipe Pardo.

Sobre a Académica, disse esperar uma equipa "diferente, mais forte", numa "reação" à troca de treinador, Pedro Emanuel por Sérgio Conceição, que "teve duas semanas de trabalho e pode já dar um cunho seu à equipa".

"Independentemente da força e da qualidade da Académica, que respeitamos, temos que ter a humildade de perceber que termos ganho no sábado só nos pode dar confiança e nada mais", concluiu.

O Sporting de Braga, quarto classificado, com 43 pontos, recebe sexta-feira a Académica, 13.ª, com 21 pontos, em jogo da 26.ª jornada da I Liga de futebol, marcado para as 20:00, com arbitragem do lisboeta Hugo Miguel.

sporting de braga josé peseiro taça da liga futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)