Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

TEMOS ALGUNS ARGUMENTOS E QUEREMOS VENCER

Os insulares recebem hoje a visita do Glasgow Rangers, em encontro a contar para a 1.ª eliminatória da Taça UEFA. Um encontro abordado com imensa cautela e ambição, por parte dos responsáveis maritimistas, que têm como grande objectivo na prova chegar à fase de grupos.
16 de Setembro de 2004 às 00:00
Depois de quatro participações na Taça UEFA, os verde-rubros pretendem fazer furor nesta quinta aventura europeia. O técnico do Marítimo, Mariano Barreto, encara este desafio “sem receios”.
“Vamos respeitar o adversário, da mesma forma que o fizemos frente ao Penafiel. O Rangers tem um passado brilhante, mas isso não nos traz intranquilidade. Temos alguns argumentos e queremos vencer, vamos entrar em campo com o intuito de sair vitoriosos, que aliás, é o resultado que nos interessa”, vincou o técnico dos maritimistas.
Do outro lado da barricada, Alex McLeish, líder técnico do Glasgow Rangers, acredita que a sua equipa pode arrancar a vitória na Madeira e é com esse intuito que tem vindo a preparar a contenda de logo à noite. “Vi os últimos dois jogos do Marítimo e sei que têm bons jogadores, aliás, um já foi orientado por mim”, explicou referindo-se ao central Mitchell que já jogou nos escoceses do Motherwell. Por tudo isso, considera que “vai ser um encontro bastante equilibrado, mas o Rangers parte para todos os jogos com vontade de vencer e este não será excepção”, avisou.
O Marítimo vai fazer alinhar o seguinte onze: Marcos, Ferreira, Tonel, Mitchell, Briguel, Wenio, Chainho, Léo Lima, Alan, Luís Filipe e Manduca. Quanto ao Glasgow Rangers a equipa inicial deverá ser composta por: Klos, Ross, Boumsong, Moore, Vignal, Ricksen, Mladenovic, Arveladze, Burke, Dado Prso e Novo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)